Na ultima quinta-feira, duas mesquitas na Nova Zelândia foram atacadas por terroristas. Esses ataques deixaram 50 pessoas mortas e outras 42 feridas, incluindo crianças.  A Nova Zelândia faz partes dos 53 países da Commonwealth e assim que o mundo soube dos ataques todos enviaram cartas com condolências, incluindo os Sussexes e Cambrigdes.

A Rainha Elizabeth II solicitou que o Duque e a Duquesa de Sussex representassem a Família Real na New Zealand House, pois eles foram os últimos Royals a visitarem o país. O Palacio já havia anunciado que a Duquesa estava de licença maternidade para eventos públicos, mas nunca se descartou uma aparição surpresa como a de hoje.

Ao chegarem a New Zealand House, os Sussexes cumprimentaram os delegados com o tradicional Houngi, é uma saudação tradicional do povo maori na Nova Zelândia, onde o nariz e a testa são pressionados ao mesmo tempo. Eles foram recebidos pelo Alto Comissário da Nova Zelândia, Jerry Mateparae, e logo após ambos deixaram buquês de flores e leram mensagens deixadas pelo publico em frente a New Zealand House.

Acompanhada pelo seu marido, a Duquesa de Sussex assinou o livro de condolências após o ataque terrorista em Christchurch em nome da Família Real Britânica. Eles escreveram no livro “Estamos com vocês” e também “Aroha Nui” que significa “Com profunda afeição”.

De roupas escuras, em forma de luto, os dois conversaram com o Alto Comissário da Nova Zelândia, Jerry Mateparae, antes de botar buquês de flores e ler em voz baixa outras homenagens deixadas por membros do público.

Veja +167 fotos dem HQ da visita:

HOME > APARIÇÕES PÚBLICAS | PUBLIC APPEARANCES > 2019 > 19.03.19 – VISITA A NEW ZEALAND HOUSE

 

APOSTAS PARA O BABY SUSSEX

MATERNIDADE, Notícias - Rayane Rodrigues - 19/03/2019

Uma das nossas seguidoras (Victoria) fez um post no twitter sobre as apostas em relação ao baby Sussex.

É muito comum as casas de apostas abrirem categorias especiais quando se trata do nascimentos de royals e com Meghan e Harry não foi diferente. O site Oddschecker colocou a disposição para apostas asa seguintes categorias: Sexo, nome e horário de nascimento. Vamos as apostas?

 

SEXO

Por mais que a internet em peso sonhe que Meghan esteja gravida de uma menina, mesmo assim os britânicos apostam em um menino. A porcentagem ficou em 71.43% apostam em um menino e 28.57% em uma menina.

E você, qual a sua aposta para o sexo do baby Sussex?

Siga em tempo real as apostas clicando AQUI.

 

NOME

Aposta de nomes é um verdadeiro fascínio. E a lista é enorme! Os nomes mais populares entre os apostadores são: Diana, Alice, Frances, Charles e Grace.

E você, qual a sua aposta para o nome do baby Sussex?

Siga em tempo real as apostas e veja a lista completa de nomes clicando AQUI.

 

DIA DA SEMANA

Vocês já pararam para pensar em que dia da semana Meghan dará a luz. Nós não, mas os apostadores sim! Os dias mais apostados são terça-feira, domingo e sábado. Com as seguintes porcentagens respectivamente: 57.14%, 28.57% e 14.29%.

E você, aposta em qual dia da semana?

Siga em tempo real as apostas clicando AQUI.

 

DIA OU NOITE

Acreditem ou não, mas existe a aposta sobre se o bebê de Meghan e Harry nascerá durante o dia ou a noite. 45.45% acreditam que o baby Sussex nascerá durante o dia e 54.55% aposta que o bebê nascerá à noite.

E você, qual a sua aposta?

Siga em tempo real as apostas clicando AQUI.

 

HORÁRIO DO NASCIMENTO

Os apostadores por incrível que pareça estão divididos quanto ao horário. Os horários mais apostados são de 12h00min às 15h59min e de 15h59min às 19h59min.

Qual sua aposta?

Siga em tempo real as apostas clicando AQUI.

 

APOSTAS COMPLETAS

Existe também uma categoria que engloba todas as apostas e a lista é enorme.

Siga em tempo real as apostas clicando AQUI.

Conta pra gente nos comentários ou nas nossas redes sociais quais as suas apostas!

Fonte: Casa de apostas Oddschecker

Grávida de seu primeiro filho, a Duquesa de Sussex entrou oficialmente em licença maternidade. Meghan não terá mais compromissos oficiais públicos. Sua ultima aparição foi na ultima segunda (11/03) durante o Commonwealth Day, onde pela manhã, ela e o Duque de Sussex participaram de uma recepção na Canada House e mais tarde de uma missa na Abadia de Westminster, com outros membros da realeza.

A Duquesa continua fazendo reuniões privadas com os chefes das instituições das quais ela é patrona. Meghan teve algumas reuniões privadas esta semana com o National Theatre e a  Association of Commonwealth Universities e na semana passada, Mayhew. Não temos ainda uma data final para o fim dessas reuniões.

Toda funcionária grávida tem direito há até 52 semanas (01 ano) de licença maternidade (Full Statutory Maternity Leave) no Reino Unido. A mãe não precisa tirar as 52 semanas, ela decide quanto tempo ficará afastada do trabalho nesse período, mas é obrigatório sair duas semanas após o nascimento do bebê. Este tempo é divido entre antes e após o nascimento. O Palacio de Kensington ainda não fez nenhum pronunciamento sobre onde a Duquesa dará a luz e nem sobre os títulos que o bebê terá. Isso deverá ser feito nas próximas semanas, já que a previsão é que a Duquesa de Sussex dê a luz entre o fim de abril e começo de maio.

A Associação de Universidades da Commonwealth acredita que as universidades fazem uma contribuição crítica para o desenvolvimento sustentável em toda a Commonwealth e além. Hoje, 15 de março, foi lançado o projeto “The road to 2030”, que trabalhará com seus membros e parceiros para construir um mundo melhor por meio do ensino superior. A Duquesa de Sussex como Patrona da ACU escreveu uma carta que foi divulgada pelos mesmos, apoiando o projeto e ressaltando a importância do mesmo:

Como Patrona da Associação de Universidades da Commonwealth (ACU), tenho orgulho incrível de apoiar uma rede de universidades alinhadas com o objetivo comum de capacitar os estudantes em todo o mundo a maximizar seu potencial através do acesso ao ensino superior. A experiência de frequentar a universidade permite que os estudantes se formem no mundo com habilidades sociais e proezas intelectuais que os estabelecerão para um maior sucesso; isso acontece não simplesmente em um nível micro em suas próprias vidas, mas em um nível macro.  As escolhas que eles fazem e os desafios que se esforçam por superar criam um impacto global profundo e significativo. É importante notar que para muitos jovens em torno dos 53 países da Commonwealth, a oportunidade de atingir seu pleno potencial através da educação pode simplesmente parecer fora de alcance. Se é um custo proibitivo ou que o estigma cultural em sua comunidade específica restringe sua capacidade de comparecer em virtude de seu gênero, raça ou credo – a ACU procura romper essas fronteiras e possibilitar a todas as mentes curiosas a oportunidade de estimular seus apetites por o valor experiencial do ensino superior. Em muitos territórios do mundo, a educação universitária é a chave para acabar com a pobreza capacitando os estudantes a gerar renda para suas famílias e comunidades mais amplas, bem como garantindo seus próprios futuros. Desempenha-se a um papel crítico em fazer isso acontecer; essa estimada rede ajuda universidades e estudantes a abrir portas que de outra forma foram fechadas, e ao fazê-lo para abrir mentes também, eu me inspiro nos estudantes de hoje, em sua visão e ambição por mudanças positivas, e em sua compreensão dos poderosos papeis que o ensino superior pode desempenhar para criar um futuro melhor. Os jovens da Commonwealth são um trunfo incrível, e é vital que nós invistamos neles.

HRH A Duquesa de Sussex

Patrona da Associação de Universidades da Commonwealth

 

Saiba mais do projeto clicando AQUI.

Ataques a tiros simultâneos marcaram esta sexta-feira 15/03 a cidade de Christchurch, na ilha sul da Nova Zelândia. Foram 49 mortos e 48 feridos no ataque que aconteceu em duas mesquitas da cidade. Enviamos nossas condolências e solidariedade para as famílias e amigos das vitimas desse terrível ataque. Sendo a Nova Zelândia, um dos países que fazem parte da Commonwealth, a Família Real Britânica enviou mensagens de solidariedade para a cidade e todos os atingidos pela barbárie. O Duque e a Duquesa de Sussex enviaram uma mensagem juntamente com o Duque e a Duquesa de Cambrigde para o povo da Nova Zelândia:

Nossos corações vão para as famílias e amigos das pessoas que perderam suas vidas no devastador ataque em Christchurch.

Todos nós tivemos a sorte de passar um tempo em Christchurch e sentimos o espírito caloroso, aberto e generoso que é essencial para o seu povo notável.

Nenhuma pessoa deve ter medo de frequentar um local de culto sagrado.

Este ataque sem sentido é uma afronta às pessoas de Christchurch e da Nova Zelândia, e à comunidade muçulmana mais ampla. É um ataque horrível a um estilo de vida que incorpora decência, comunidade e amizade.

Sabemos que dessa devastação e profundo luto, o povo da Nova Zelândia se unirá para mostrar que tal mal nunca pode derrotar a compaixão e a tolerância.

Enviamos nossos pensamentos e orações para todos na Nova Zelândia hoje.

Permaneça Forte.

 

Leia em: https://www.royal.uk/message-people-new-zealand-duke-and-duchess-cambridge-and-duke-and-duchess-sussex

A Rainha Elizabeth II concordou com a criação de um novo escritório para o Duque e a Duquesa de Sussex, após o casamento em maio do ano passado. O Duque e a Duquesa de Sussex terão seu próprio escritório a partir da próxima primavera. O escritório será criado com o apoio da Rainha e do Príncipe de Gales.   

O escritório particular do Duque de Sussex vinha apoiando a Duquesa desde novembro de 2017, quando começaram as preparações para que Meghan se tornasse Sua Alteza Real. 

Um novo escritório se torna essencial para que os trabalhos dos Sussexes sejam implantados da maneira com que eles acham corretas. Também será um grande apoio quando o Duque e a Duquesa receberem seu filho e se mudarem para a Frogmore Cottage. 

A Rainha deu a permissão para que o novo escritório dos Sussexes possa se basear no Palácio de Buckingham. Harry e Meghan nomearão novos funcionários de comunicações. Mas o que já se sabe é que Sara Latham será a responsável por liderar a comunicação e os novos funcionários do escritório. Ela se reportará diretamente para o Secretário de Comunicações da Rainha, Donal McCabe. Neste exato momento não existe nenhuma movimentação sobre a separação dos Cambridges e Sussexes nas mídias sociais, mas o que os repórteres reais especulam é que esse é um movimento natural. O Palácio de Kensington continuará auxiliando o Duque e a Duquesa de Sussex até que todas as mudanças tenham sido concluídas. 

Sobre a Royal Foundation, tanto os Cambridges como os Sussexes continuarão a ter um braço de caridade dentro da fundação, mas a maneira com que as coisas são levadas, ainda serão discutidas.

O Commonwealth Day, antes conhecido como Dia do Império, é a celebração anual da Comunidade das Nações realizado na segunda segunda-feira de março. É marcado por uma missa anglicana na Abadia de Westminster, normalmente assistido pela Rainha Elizabeth II como Chefe da Commonwealth, juntamente com o Secretário Geral da Commonwealth e os Altos Comissários da Commonwealth em Londres, além de alguns membros da Familia Real. Assim como no ano passado, a Duquesa de Sussex (antes Meghan Markle) chegou à abadia com o Duque de Sussex.

 

A Duquesa de Sussex cumprimentou autoridades em sua chegada. Logo em seguida, seus cunhados, O Duque e a Duquesa de Cambridge chegaram e se juntaram aos Sussex em uma conversa. Tivemos também o Príncipe de Gales e a Duquesa de Cornualha ao lado do Fab Four, nomenclatura como os Cambridges e Sussexes são conhecidos.

 

Veja +163 fotos em HQ do evento:

 

 

Hoje é comemorado o Commonwealth Day e a Duquesa de Sussex ao lado de seu marido compareceu a Canada House, em Londres, para uma celebração ao lado de canadenses.

O Duque e a Duquesa encontram jovens canadenses que trabalham nos campos da moda, artes e negócios e do mundo universitário. Eles também puderam apreciar de perto, de algumas das variáveis culturas do povo canadense.

A Duquesa de Sussex usou um vestido e casaco da marca Erdem , que é originalmente do Canadá. Os sapatos usados são da marca Aquazzura, a bolsa é Givanchy e oos brincos da Maison Birks, também canadense.

Veja +32 fotos em HQ do evento:

Instituições e Patrocínios

Notícias - Rayane Rodrigues - 09/03/2019

Conheça as instruições que a Duquesa de Sussex atua como Patrona e outros cargos:

 

Royal Foundation: A Royal Foundation apoia um amplo e ambicioso numero de atividades. Reunião depessoas, ideias e recursos para entender os problemas, explorar soluções criativas e ser um catalisador para o impacto a longo prazo.

Cargo: Patrona Adjunta

Site: https://www.royalfoundation.com/

 

 

 

National Theatre: A missão do National Theatre é fazer com que o teatro de classe mundial seja divertido, desafiador e inspirador – e seja para todos. O objetivo é alcançar o público mais amplo possível e ser o mais inclusivo, diversificado e nacional possível com uma ampla gama de produções que acontecem em Londres, em turnê pelo Reino Unido, na Broadway e em todo o mundo.

Cargo: Patrona

Site: https://www.nationaltheatre.org.uk/

 

 

 

 

The ACU: Fundada em 1913, a ACU é a primeira e mais antiga rede universitária internacional do mundo, com mais de 500 instituições membros em mais de 50 países. É a única organização credenciada que representa o ensino superior em toda a Commonwealth. A ACU defende o ensino superior como uma força do bem na Commonwealth e além.

Cargo: Patrona

Site: https://www.acu.ac.uk/

 

 

Queen’s Commonwealth Trust: O Queen’s Commonwealth Trust existe para patrocinar, financiar e conectar jovens líderes ao redor do mundo que estão impulsionando mudanças sociais positivas, servindo suas comunidades e fornecendo esperança, trabalho e auto-emprego. oportunidades para os outros.

Cargo: Vice-Presidente

Site: https://www.queenscommonwealthtrust.org/

 

 

 

Mayhew: Fundada em 1886 e inteiramente financiada por doações públicas, a Mayhew é uma instituição de caridade para o bem-estar animal que trabalha para melhorar a vida de cães, gatos e pessoas em comunidades tanto em Londres quanto internacionalmente. A Mayhew procura formas inovadoras de reduzir o número de animais necessitados por meio de iniciativas pró-ativas comunitárias e educacionais e de cuidados veterinários preventivos.

Cargo: Patrona

Site: www.themayhew.org/

 

 

 

Smart Works: Criado em setembro de 2013, o Smart Works existe para ajudar as mulheres desempregadas e vulneráveis ​​a longo prazo a recuperar a confiança de que precisam para ter sucesso em entrevistas de emprego, retornar ao emprego e transformar suas vidas.

Cargo: Patrona

Site: http://smartworks.org.uk/

Ontem (08/03) a Duquesa de Sussex foi uma das mulheres convidadas a discursar no painel do Queen’s Commonwealth Trust no  King’s College London. Haviam lideres feministas e ativistas no time de convidadas e elas discutiram uma série de questões que afetam as mulheres hoje.

O Queen’s Commonwealth Trust  é uma organização apoia e patrocina jovens líderes em todo o mundo que estão servindo suas comunidades, fornecendo soluções para problemas e esperando oportunidades de emprego e auto-emprego para outros. Seu foco está em trabalhar em parceria com várias organizações para alcançar e conectar-se com jovens em todo o mundo e apoiar aqueles que são os mais vulneráveis. A Rainha Elizabeth II é patrona e no ano passado ela nomeou O Duque de Sussex como presidente.

Foi anunciando ontem também que a Duquesa de Sussex foi nomeada vice-presidente do Queen’s Commonwealth Trust. Em seu novo papel, a Duquesa destacará as parcerias do Fundo com jovens da Commonwealth e, em particular, seu trabalho de apoio a mulheres e meninas.

Muito apropriadamente, foi anunciado hoje que Meghan se tornou vice-presidente do Queen’s Commonwealth Trust. Em seu novo papel, a Duquesa seguirá apoiando seu marido, o presidente da instituição e em particular, fazer o trabalhe de apoio a mulheres e meninas.

 

O presidente do conselho administrativo, Lord Christopher Geidt, disse:

O Queen’s Commonwealth Trust está entusiasmado em receber a Duquesa de Sussex como sua vice-presidente. O apoio e encorajamento que Sua Alteza Real trará para os jovens líderes com quem trabalhamos promete ter um efeito profundo. Somos imensamente gratos ao Duque e à Duquesa de Sussex por esse sinal de comprometimento que estão dando ao nosso trabalho, ajudando o Queen’s Commonwealth Trust a perseguir suas ambições em toda a Comunidade e além.

O tema do Dia Internacional da Mulher deste ano foi  #BalanceforBetter. “O tema da campanha fornece uma direção unificada para orientar e galvanizar a ação coletiva contínua. O equilíbrio não é uma questão feminina, é uma questão de negócios. A corrida para a sala de reuniões equilibrada de gênero, um governo equilibrado por gênero e cobertura da mídia equilibrada por gênero, um equilíbrio de gênero entre os funcionários, mais equilíbrio de gênero na riqueza, cobertura de esportes equilibrada por gênero. O equilíbrio de gênero é essencial para que economias e comunidades prosperem”.

Meghan se juntou a uma série de conhecidas e talentosas mulheres, incluindo Annie Lennox OBE, que é mais conhecida por sua ilustre carreira musical, mas também é a fundadora do Circle, uma organização que apóia e fortalece a vida das mulheres em todo o mundo.  Adwoa Aboah, fundadora da Gurls Talk, uma comunidade aberta onde as meninas podem falar sobre os assuntos que são importantes para elas. Julia Gillard, ex-primeira-ministra da Austrália, patrona do CAMFED e presidente do Instituto Global de Liderança Feminina do King’s College London. Chrisann Jarrett, fundador da Let nos aprenda e Angeline Murimirwa, Diretora Executiva da Campanha de Educação Feminina (CAMFED) na África e co-fundadora da CAMA, uma rede pan-africana de jovens lideranças femininas. O painel foi presidido por Anne McElvoy, editora sênior do The Economist.

A Duquesa escolheu o vestido Reiss Azzura Swirl Printed para o evento. Ela usou um blazer preto Alexander McQueen . Meghan carregou sua bolsa de Stella McCartney e os sapatos eram Manolo Blahnik BB . Meghan usou brincos de Jessoca McCormack e um broche com o logotipo do Queen’s Commonwealth Trust.

 

Veja fotos:

APARIÇÕES PÚBLICAS | PUBLIC APPEARANCES > 2019 > 08.03.19 – PAINEL DO DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES NO KING’S COLLEGE LONDON