O Brasil ainda não foi agraciado com o DisneyPlus e justamente temos nossa amada Duquesa narrando um filme documentário sobre elefantes para a plafaforma. O cachê pago para Markle foi doado totalmente para instituição de caridade Elephants Without Borders Charity, uma organização dedicada à conservação da vida dos elefantes e ajuda a proteger os animais da caça furtiva. A mesma foi apresentada para Duquesa através do Harry no início do relacionamento. Seguindo o tutorial abaixo você conseguirá assistir ao documentário completo. Lembrando que ele não está disponível com legendas e/ou áudio em português. Quando conseguirmos, informaremos a vocês. se preparem para a narração doce, animada e fantástica de Meghan.

PASSO 1.

Pelo seu computador acesse e stremio.com/downloads e em seguida faça o download conforme indicado para o sistema operacional do seu computador.

PASSO 2.

Após baixar segundo as orientações do Stremio, aparecerá uma tela onde você criará sua conta. Quando a conta já estiver criada, você pesquisará por Elephant e o filme aparecerá na parte destinada a filmes. Em seguida, você clicará no banner do filme.

PASSO 3.

Aparecerá uma tela em preto e você procurará “mostrar todas as extensões” e clicará ali.

PASSO 4.

O próximo clique será em “extensões da comunidade”. Aparecerão várias extensões, mas instruímos vocês a instalar as melhores que são: Torrentio, Iberian e Rargb. Cliquem para instalar em cada uma delas. Ai instalando isso, vão aparecer as opções na janela do filme que nos referimos no passo 3.

PASSO 5.

Agora é só dar play. Escolha sua janela de preferência, espere o filme carregar e se divirta.

 

Compartilhem com seus amigos que não possuem acesso ao DisneyPlus e ajude nossa comunidade a crescer.

Hoje é o dia da transição do Duque e da Duquesa de Sussex. A partir do primeiro dia de abril eles deixarão de ser membros que trabalham para a Família Real, para membros da Família Real financeiramente independentes. Apesar do momento delicado que o mundo está vivendo com a disseminação do COVID-19, os Sussexes sabem que precisam fazer declarações para encerrar esse capítulo e começar uma vida nova. Em uma postagem no instagram ainda denominado SussexRoyal, Harry e Meghan deixaram uma mensagem de despedida para todos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

As we can all feel, the world at this moment seems extraordinarily fragile. Yet we are confident that every human being has the potential and opportunity to make a difference—as seen now across the globe, in our families, our communities and those on the front line—together we can lift each other up to realise the fullness of that promise. What’s most important right now is the health and wellbeing of everyone across the globe and finding solutions for the many issues that have presented themselves as a result of this pandemic. As we all find the part we are to play in this global shift and changing of habits, we are focusing this new chapter to understand how we can best contribute. While you may not see us here, the work continues. Thank you to this community – for the support, the inspiration and the shared commitment to the good in the world. We look forward to reconnecting with you soon. You’ve been great! Until then, please take good care of yourselves, and of one another. Harry and Meghan

Uma publicação compartilhada por The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) em

Como todos podemos sentir, o mundo agora está extremamente frágil. Mesmo assim, estamos confiantes que todos os seres humanos tem potencial e habilidade pra fazer diferença – como visto ao redor do globo, nas nossas famílias, comunidades e aqueles que estão na linha de frente – juntos podemos fortalecer uns aos outros pra chegarmos ao todo dessa promessa.

O que é mais importante no momento é a saúde e o bem estar de todos ao redor do globo e encontrar soluções para inúmeros problemas que se apresentaram como resultado dessa pandemia.

Assim como encontrar a parte que nos temos nessa mudança de pensamento global e mudança de comportamento, estamos focando nesse momento no que podemos fazer para contribuir.

Ainda que vocês não nos vejam aqui, o trabalho continua.

Obrigada a essa comunidade – pelo apoio, inspiração e pelo compromisso de bondade no mundo. Nós esperamos para podermos nos reconectar com todos vocês em breve. Vocês foram ótimos!

Até lá, cuidem de vocês mesmos e uns dos outros.

Harry e Meghan.

Vale ressaltar que durante as horas que antecederam as palavras finais, o instagram do casal desativou finalmente todos os comentários de suas postagens. Não é surpresa para ninguém que acompanha Harry e Meghan que sua conta todos os dias recebia ataques de robôs e haters.

Espera-se que a partir de amanhã, quando eles se tornam independentes, haja uma mudança em seus veículos de comunicação. Com o não uso da palavra Royal pelo Duque e a Duquesa, o username do instagram e a URL de seu site devem mudar a qualquer momento.

Um porta-voz de Harry e Meghan esclareceu algumas coisas que são importantes nesse inicio de caminhada. Como o Duque e a Duquesa já haviam informado em janeiro, os planos para a Sussex Royal Foundation foram abortados e a partir de então, o casal se concentra na criação de uma organização sem fins lucrativos. A Travalyst que é um projeto de ecoturismo de Harry continua sendo uma organização sem fins lucrativos, mas agora é uma organização independente do Reino Unido. O Duque pretende com seus parceiros, ajudar na recuperação global através de sua iniciativa de turismo sustentável. Foi ressaltado como já sabíamos que eles apesar de possuir o estilo de Sua Alteza Real, não farão uso do mesmo e seus patrocínios dos tempos de working royals permanecerão com o casal.

Os curadores da Sussex Royal Foundation têm sido um recurso inestimável para o Duque e a Duquesa, fornecendo orientações essenciais. O Duque e a Duquesa são incrivelmente gratos pelo apoio e conselho dos curadores nos últimos meses.

Através de uma matéria mentirosa do Daily Mail novamente se ascendeu uma conversa sobre a segurança do casal que neste momento está vivendo em Los Angeles nos Estados Unidos, terra natal de Meghan. O presidente do EUA em seu perfil no twitter disse que eles não pagariam pela segurança do Sussexes que prontamente disseram que isso se quer foi cogitado por eles:

O Duque e a Duquesa de Sussex não têm planos de pedir ao governo dos EUA recursos de segurança. Acordos de segurança com financiamento privado foram feitos. Para sua segurança e a de quem os protege, nenhum outro comentário ou orientação será fornecido. Os  relatórios dos tablóides e especulações sobre medidas de segurança interferem na capacidade operacional e agregam risco a todos aqueles que recebem proteção, aqueles que os estão protegendo e potencialmente para os membros do público.

Partimos agora para as colocações novas de Harry e Meghan. O casal entende o nível que a pandemia do COVID-19 está no mundo e nos próximos meses presentem trabalhar particularmente com as instituições que apoiam, além de focar totalmente em sua família. Foi dito também que eles usarão esse tempo de isolamento social para desenvolver com mais afinco sua organização sem fins lucrativos.

Falando na organização, foi confirmado pelo porta-voz do casal que Catherine St-Laurent foi contratada para ocupar o cargo de diretora executiva do casal e da equipe que eles estão formando. O último emprego de Catherine foi na Bill e Melinda Gates Foundation, onde ela mantinha o mesmo cargo. St-Laurente também fez um excelente trabalhando a frente da Privotal Ventures e esse currículo impressionante conquistou Harry e Meghan que estão mais que entusiasmados em tê-la com eles.

Estamos orgulhosos de ter Catherine St-Laurent neste próximo capítulo conosco. Sua liderança e seu histórico comprovado de trabalho em duas organizações que têm um tremendo impacto no mundo – a Fundação Bill & Melinda Gates e a Pivotal Ventures – fazem dela um ativo incrível e estamos entusiasmados por tê-la em nossa equipe.

Todos sabemos sobre os problemas com a mídia que Harry e Meghan tiveram e a partir de abril, uma empresa foi contratada para gerenciar essa relação. A escolhida pelo Duque e a Duquesa foi a Sunshine Sachs Consultants que está com sua sede localizada em Nova York, mas com filiais em várias cidades, incluindo Los Angeles e lidará com a mídia norte américa e mundial. Já no Reino Unido e nos países da Commonweath, o antigo assessor de comunicação da Royal Foundation, James Holt, fará a comunicação do casal.

Outra coisa importante que foi deixada bastante clara foi que, nenhum outro representante de comunicação da Família Real poderá falar em nome dos Sussexes. Isso inclui porta-vozes do palácio, representantes dos escritórios reais e muito menos fontes reais. Toda e qualquer resposta só poderá ser respondida pela Sunshine Sachs Consultants e James Holt. Vale lembrar que daqui um ano uma nova revisão de trabalho será feita se baseando no acordo feito pela Família Real e os Sussexes.

Depois de vários rumores que a Duquesa de Sussex estaria em negociações para dublar um filme da Disney, nesta quinta-feira a produtora de filmes sanou nossas dúvidas ao divulgar em seu Twitter o trailer do documentário Elephant que será narrado pela Meghan! O documentário é uma produção da Disneynature, uma gravadora de filmes independente da Walt Disney que produz filme com temáticas que envolvem a vida na natureza.

Em um pequeno trailer, o filme, que será lançado no dia 03 de abril, na próxima sexta-feira, na plataforma de streaming Disney+, foi apresentado como uma jornada que acompanha uma família de elefantes pela África. O cachê pago para Markle foi doado totalmente para instituição de caridade Elephants Without Borders Charity, uma organização dedicada à conservação da vida dos elefantes e ajuda a proteger os animais da caça furtiva. A mesma foi apresentada para Duquesa através do Harry no início do relacionamento.

A colaboração foi fechada antes de Meghan deixar  o cargo de realeza sênior, onde a mesma gravou a narração no outono passado em Londres quando os cineastas Mark e Vanessa Berlowitz fizeram o convite para ela.

No início do mês, mais precisamente no dia 10, o Duque e a Duquesa de Sussex em seus papeis de presidente e vice-presidente da The Queen Commonwealth Trust, divulgaram vídeos sobre uma roda de conversas com jovens lideres da QCC. A conversa girou em torno de saúde mental, os desafios globais, a promoção de mudanças positivas e a importância de apoiar lideranças jovens.

Ao lado do consultor da QCT Kenny Mafidon, os Sussexes se reuniram com seus jovens lideres: Esther Marshall, Izzy Obeng, Victor Ugo, Kiran Kaur e Amna Akhtar. É de conhecimento de todos o quanto a Commonwealth é importante para o casal e mesmo após deixar seus cargos dentro da empresa, Harry e Meghan com toda certeza manterão fortes seus papeis e projetos dentro de todos os países da Commonwealth. Esperamos ouvir em breve projetos do casal e esperamos receber algo que envolva os jovens da Commonwealth. Foi possível identificar que Meghan usou um vestido midi plissado assimétrico da marca britânica Preen by Thornton Bregazzi.

FA6AF359-539A-4F65-8902-979B95E1818A.jpeg 03DA426C-B0E2-472F-9644-5F8AF4FB36F6.jpeg

Fazendo um exercício mental diante de todos os comunicados publicados por Harry para defender sua esposa Meghan, enquanto ainda eram namorados o Duque de Sussex citou o fato da mídia britânica estar a todo o momento procurando pessoas do ciclo íntimo de Meghan para que os mesmos vendessem historias, muitas delas falsas, sobre a então atriz. Certa de cinco dias atrás, o ator Simon Rex revelou que tabloides britânicos ofereceram altas quantias em dinheiro para que ele mentisse sobre seu envolvimento com Meghan Markle. O antigo VJ da MTV de 45 anos explicou em um episódio recente do podcast “Hollywood Raw” que a imprensa do Reino Unido ofereceu mais de 70 mil dólares para que ele exagerasse nos detalhes de sua amizade com a atriz aposentada de 38 anos depois de ter sido rotulado como um de seus ex-namorados.

Nada aconteceu. Nós nunca nem nos beijamos. Foi só uma saída nada romântica. Ela era alguém que eu tinha conhecido em um seriado de TV e fomos almoçar. Isso foi tudo.

Markle e Rex se conheceram enquanto trabalhavam em uma série que durou pouco chamada Cuts em 2005 que explorava os desafios que os empregados de uma barbearia, um negócio de família enfrentava em Baltimore. Antes de Meghan se casar com o Príncipe Harry em maio de 2018, um grande número de tabloides britânicos especulou sobre sua vida amorosa, incluindo Rex como um de seus inúmeros namorados. The Sun publicou uma matéria que a estrela arruinou suas chances com sua antiga parceira de cena quando ela descobriu sobre seu passado como ator de filmes adultos. Segundo Simon:

Quando a notícia saiu, vários tabloides me ofereceram muito dinheiro para mentir que nós teríamos transado. Eu disse não a muito dinheiro porque eu não me senti bem para mentir e mexer com a porra da família real.

O Covid-19 está sendo sem dúvidas a maior pandemia dos últimos anos. Popularmente conhecido como cononavírus, o Covid-19 é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19). Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1...

Para se prevenir do contagio você precisa: Lavar as mãos com água e sabão ou use álcool em gel, cobrir o nariz e boca ao espirrar ou tossir, evitar aglomerações se estiver ou não doente, manter os ambientes bem ventilados e não compartilhar objetos pessoais. Essas são orientações do Ministério da Saúde do Brasil.

Esperamos que vocês e suas famílias estejam bem e saudáveis. E lembrem-se sempre: FIQUE EM CASA! Proteja sua saúde e das pessoas a sua volta.

A Família Real foi afetada nesse momento, como toda e qualquer família ao redor do mundo. A Clarence House informou no dia 18/03 que está com suas operações reduzidas e pede para que quem escreveu tenha paciência para receber sua resposta ou que avise caso a mesma não seja necessária.

Lembre-se de que, devido às restrições operacionais causadas pelas medidas do Coronavírus, nossa capacidade de lidar com correspondência está atualmente reduzida e nossa capacidade de responder a cartas e cartões levará mais tempo do que o habitual, isso se aplica à correspondência para Príncipe de Gales, Duquesa da Cornualha, Duque e Duquesa de Cambridge e Duque e Duquesa de Sussex. Como resultado, estamos perguntando se os correspondentes ajudariam, considerando se a comunicação é necessária ou se ela pode esperar até que a situação seja resolvida.

Outra notícia em decorrência ao COVID-19 foi o adiamento do Invictus Games que aconteceria em maio na cidade de Haia nos Países Baixos. Como fundador da competição e da fundação, a presença do Duque de Sussex era mais que confirmada, assim como a da Duquesa. A presença do pequeno Archie foi bastante ventilada. Os jogos foram remarcados para o período de maio e junho de 2021. Em um vídeo compartilhado pela Invictus Games Foundation, Harry em sua casa no Canadá falou sobre a decisão tomada:

Esta decisão foi a opção mais sensata e segura para todos vocês e suas famílias, bem como todos os demais envolvidos nesses jogos. Lamento que não possamos fornecer isso para vocês. Por favor, cuidem de si mesmos. Por favor, cuidem de suas famílias e cuidem uns dos outros.

Ontem foi confirmado que o Príncipe Charles testou positivo para COVID-19 após apresentar alguns sintomas da doença. A Duquesa de Cornualha testou negativo, mesmo estando em constante contato com o marido.

O Príncipe de Gales testou positivo para o coronavírus. Ele tem apresentado sintomas leves, mas permanece saudável e trabalha em casa nos últimos dias, como de costume. A Duquesa da Cornualha também foi testada, mas não possui o vírus. De acordo com as orientações médicas e do governo, o Príncipe e a Duquesa estão se auto-isolando em sua casa na Escócia. Os testes foram realizados pelo NHS em Aberdeenshire, onde atendiam aos critérios exigidos para o teste. Não é possível determinar de quem o Príncipe pegou o vírus devido ao alto número de compromissos que ele realizou em seu papel público nas últimas semanas.

Mesmo antes desse anuncio, em seu instagram oficial, os Sussexes compartilharem informações sobre como proceder em questão ao vírus em diversos momentos.

Ao redor do mundo, a resposta de todas as pessoas que estão caminhando na vida é a de proteger e cuidar das suas comunidades e elas têm sido inspiradoras. E ainda mais as dos corajosos e dedicados trabalhadores na área da saúde que estão na linha de frente arriscando a própria saúde para curar e lutar contra a COVID-19. Onde quer que você esteja no mundo, estamos muito gratos.

A todos nós, a melhor forma de ajudar esses profissionais é termos certeza que não vamos dificultar o seu trabalho espalhando mais ainda a doença. Não importa onde você está, a Organização Mundial da Saúde divulgou algumas orientações que podem ajudar. Você já deve ter visto isso antes, mas eles são importantes agora como eram antes.

Mais uma vez esperamos que vocês estejam em segurança e desejamos melhoras ao Príncipe de Gales e todas as outras pessoas do mundo infectadas.

O Commonwealth Day é uma celebração anual assistida por pessoas de toda a Commonwealth na África, Ásia, Caribe e Américas, Pacífico e Europa. O Commonwealth Day de 2020 incluiu diversas celebrações como desfiles de bandeiras, cultos na igreja, manhãs de poesia, apresentações de dança e outras coisas.

O tema deste ano foi “Entregando um futuro comum”, onde o objetivo foi destacar os 54 países que fazem parte da Commonwealth que estão inovando e transformando suas realidades. A Rainha Elizabeth II como chefe da Commonwealth, se juntou a autoridades e membros da Família Real para uma missa na Abadia de Westminster para comemorar o dia.

No dia anterior, O Duque e a Duquesa de Sussex foram fotografados chegando para acompanhar a Rainha em uma missa na The Royal Chapel of All Saints em Windsor Great Park.

gg_28229.jpg gg_28329.jpg

O compromisso final como working royals de Harry e Meghan foi a missa na Abadia de Westminster para marcar o Commonwealth Day e já cedo obtemos a informação que os Sussexes não participariam da procissão com a Rainha, coisa essa que eles haviam feitos em suas duas anteriores participações ao lado do Conde e da Condessa de Wessexe & do Duque e da Duquesa de Cambridge, o Duque e a Duquesa de Sussex dispesaram a procissão, mas somente os Cambridges foram confirmados, além de Charles e Camilla, que foram os únicos da realeza acompanhando a Rainha na procissão. Sussexes, Wessexes e Cambridges optaram por ir direto para seus lugares dentro da Abadia de Westminster.

A Duquesa de Sussex usava um ousado e esmeralda vestido de capa Emilia Wickstead juntamente com um chapéu de William Chambers, uma pequena bolsa Gabriela Hearst e sapatos de salto nude da Aquazzura. A missa marcou a última aparição pública oficial dos Sussexes como membros seniores da família real antes que sua saída oficial no final do mês. A partir de 1º de abril, mudanças acontecerão na vida do casal que farão um rebranding em seus veículos de comunicação, removendo a palavra royal, além dos trabalhos de bastidores para o lançamento de uma organização sem fins lucrativos.

1206168500.png 1206168518.png 1206171453.png 1206171454.png

1206173190.png 1206173189.png l_28929.jpg l_286929.jpg

1206179925.png 1206179963.png 1211376249.png 1211377319.png

 

A Duquesa de Sussex sempre deixou clara a sua paixão pela igualdade de gênero e pelo acesso a educação disponível a todos, principalmente jovens garotas, e como isso gera mudanças importantes nas comunidades. Como compromisso oficial em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, Meghan visitou a Robert Clack Upper School em Dagenham no dia 6 de março, surpreendendo os mais de 700 alunos que lá estudam.

Essa escola foi escolhida por um detalhe muito especial, em 1968, aconteceu uma greve das “máquinas de costura”. Mulheres que trabalhavam na Fábrica da Ford fizeram uma série de protestos por conta da falta de igualdade em relação aos pagamentos entre homens e mulheres. Esse protesto levou o Governo Britânico a assinar e aceitar a lei de Igualdade de Salários em 1970. Esse movimento no final dos anos 60 pavimentou o caminho para as gerações futuras de mulheres no assunto pagamentos igualitários. Teria um lugar melhor para uma ativista como Meghan ir se não essa escola?

Antes de participar de uma assembleia com os alunos para discutir sobre a importância do Dia Internacional da Mulher e da igualdade de gênero, a Duquesa recebeu um tour pela escola, conheceu vários estudantes que estavam trabalhando em projetos relacionados ao Dia Internacional da Mulher. Ela também conversou na biblioteca da Robert Clack com uma aluna sobre Maya Angelou que é uma das suas poetas favoritas já que eles estavam estudando sobre ela para um projeto literário. E conheceu estudantes do time de debates da escola que se prepara para participar da competição Model United Nations.

Um momento antes do seu discurso, ela encorajou que um rapaz, aluno da escola, subisse ao palco e falasse por que ele achava importante existir o dia internacional da mulher e ele acabou viralizando, pois antes de dar sua opinião, Aker Okoye de 16 anos disse: “Ela realmente é linda, não é?”. Claro que a mídia britânica acabou tirando essa situação bonita de contexto, o que fez a página do casal @sussexroyal postar toda a participação do garoto, que deu opiniões coerentes e de suma importância sobre o ponto de vista masculino dessa comemoração feita no dia 8 de Março. E na foto com todos os alunos, ela está fazendo o símbolo da campanha #EqualForEqual.

Esse foi o último compromisso solo de Meghan trabalhando oficialmente para a Família Real e deixou um impacto importante em inúmeras estudantes de lá. Fiona Addai de 11 anos foi a responsável por entregar flores a Duquesa na chegada a escola e ela diz que é um momento que ela nunca vai esquecer:

Ela é minha maior inspiração. Ela é negra e você normalmente não vê isso na Família Real, então ela me ensinou que não importa a minha cor, eu posso fazer o que qualquer outra pessoa faz. Ela me ajudou a acreditar em mim mesma.

Isso deixa claro que dentro ou fora da Família Real, o importante é que você inspire pessoas a se tornarem suas melhores versões e lutarem por isso, por meio principalmente, da educação.

 

É uma honra estar aqui hoje.

Quando nós estávamos pensando no que eu queria fazer para o dia internacional da mulher esse ano, para mim, era imprescindível estar com as mulheres do futuro. E são todas as jovens mulheres que estão aqui, assim como os garotos que são grande parte disso. Especificamente vir a sua escola fazia muito sentido pra mim por conta da justiça social e do impacto no qual está enraizada.

O mantra da sua escola, como vocês sabem, é “excelência para todos, excelência de todos”. Então, como isso se aplica na sua mente ao dia internacional da mulher? Eu acho que de muitas maneiras é essencialmente a mesma coisa, essa ideia de excelência de todos e para todos, equalidade de todos e para todos.

Antes de eu continuar, vou sair um pouco do roteiro porque eu acho que é realmente importante. Tem algum jovem rapaz que é corajoso o bastante para vir aqui e dizer o qual a importância do dia internacional da mulher? Eu sei que tem algum de vocês aqui.

Muito bem, bem falado e uma confiança impressionante, vocês não concordam?

Eu acho que esse é o ponto, em muitas sociedades não importa onde você está, é bem fácil às vezes compartimentalizar ou diminuir a essa ideia de que o dia internacional da mulher é simplesmente sobre mulheres – e não é – é sobre todos nós.

O que você disse é muito importante para todos nós lembrarmos, não é só sobre um domingo, não é só sobre o dia internacional da mulher, mas todos os dias – lembrar o valor que nós trazemos para a mesa.

Estar aqui em Dagenham é muito profundo. Porque como vocês podem ver, Geraldine e as outras mulheres que tiveram a força para se posicionar por algo que elas sabiam que era necessário. – é o melhor exemplo de que não importa quão pequeno você se sinta, quão baixo você se sinta na escala hierárquica ou no pódio, não importa qual é a sua cor ou seu gênero – você tem um voz e você certamente tem o direito de falar sobre o que é certo.

O que é importante de todos vocês lembrarem, é principalmente olhar para as pessoas que fizeram o caminho para vocês chegarem nesse ponto das suas vidas e terem o acesso que vocês têm – não é apenas uma oportunidade de continuar, é uma responsabilidade.

Eu encorajo e empoderou cada um de vocês para realmente se posicionarem com a sua verdade, de se levantar pelo que é certo – e continuar respeitando uns aos outros.

Para os jovens rapazes, continuem valorizando e apreciando as mulheres nas suas vidas e também sejam o exemplo para alguns homens que não vêem as coisas desse jeito. Vocês têm mães, irmãs, namoradas e amigas em suas vidas – as protejam. Tenham certeza de que elas se sentem valorizadas e seguras. Vamos todos fazer juntos que o dia internacional da mulher seja algo além de um domingo, mas honestamente, pareça ser todos os dias do ano.

Obrigada por me receberem, foi um privilégio estar aqui.

Meghan usou o blazer branco Boucle Jacket da Me And Em, com sapatos de salto Lorenzo 85 de Jennifer Chamandi, bolsa Kyo ‘Nane’ de Rejinapyo e o colar Charm da Kismet by Milka.

r_281229.jpg r_281129.jpg

r_283429.jpg r_283329.jpg r_284529.jpg r_283229.jpg

O Duque e a Duquesa de Sussex compareceram no ultimo dia 7 de março no Mountbatten Festival of Music, que marcou o último compromisso do Duque como Capitão General dos Fuzileiros Navais Reais. Naquele sábado, Meghan conseguiu surpreender a todos os espectadores com um lindo e deslumbrante vestido vermelho combinando acessórios com a mesma cor e também com o uniforme militar de Harry.

Falando brevemente do Duque, o festival marcou a última vez que Harry vestiu seu uniforme naval completo, já que ele se afasta da posição herdada de seu avô, o Príncipe Philip, daqui poucos dias. Além do estonteante, podemos ver acredita-se que pela última vez medalhas que o Duque de Sussex recebeu em honra a serviços prestados em suas missões no Afeganistão.

Apesar de sorridentes, era perceptível o quanto aquele compromisso final mexeu com as emoções do Duque e da Duquesa. Antes de se dirigir ao box real do Royal Albert Hall para assistirem as apresentações musicais, Harry e Meghan conversaram com autoridades presentes. Já no box, o casal foi ovacionado com aplausos pelo público presente.

O Duque de Sussex ficou visivelmente emocionado com o afeto demonstrado pelo publico e Meghan ao seu lado, apertou fortemente sua mão em forma de apoio. O serviço militar sempre foi algo importante para Harry, que em diversos momentos deixou claro que se encontrou na vida real somente quando se tornou um militar. O Mountbatten Festival of Music celebrou durante dois dias o 75° aniversário do término da Segunda Guerra Mundial e os 80 anos da formação do Britain’s Commandos, criado por Winston Churchill em 1940.

A Duquesa de Sussex usou um vestido longo vermelho da marca Safiyaa, com custo estimado em £1,295, cerca de 7,8 mil reais. Brincos florais frisados de Simone Rocha, além de bolsa e scapins vermelhos.

e_285129.jpg e_28329.jpg e_28429.jpg e_282029.jpg

r_282029.jpg r_281429.jpg r_28329.jpg b_281329.jpg

q_282429.jpg q_282529.jpg q_284829.jpg q_284929.jpg

O fim de uma era de ouro real: o editor-geral Omid Scobie se junta à Duquesa de Sussex para um dia emocional e final no Palácio de Buckingham.

Era para ser um dia tranquilo de folga no campo até que meu telefone ficasse frenetico – o zumbido staccato que dei para a correspondência do palácio quase o enviando da mesa. “Sua Alteza Real, o Príncipe Henry de Gales e Meghan Markle estão noivos, vão se casar”, o e-mail de 27 de novembro de 2017 foi lido, seguido de uma nota convidando os correspondentes da realeza a se unirem ao casal para uma sessão fotográfica especial para marcar a ocasião. Algumas regras de trânsito podem ter sido dobradas para fazer a 80 milhas de Oxfordshire até o Palácio Kensington – no trafego – mas valeu a pena. De pé junto ao lago afundado coberto de lírios, Harry compartilhou sua alegria por finalmente “encontrar minha companheira”, foi o começo perfeito para um capítulo que finalmente traria a família real ao século XXI.

Ao longo dos meses e anos que se seguiram, acompanhei de perto o trabalho do Duque e da Duquesa de Sussex, conheci melhor o casal através de seus esforços humanitários, compromissos e visitas ao exterior. Sua ética de trabalho de alta energia e paixão pela justiça social atraíram para a cena uma nova e mais diversificada demografia de observador real. Enquanto jovem e correspondente real biracial, a mudança foi emocionante. E à medida que sua popularidade crescia em todo o mundo, também cresceu uma nova era de ouro para a Casa de Windsor.

Nunca esperei que, menos de dois anos e meio depois, estivesse em um dos salões de estado no Palácio de Buckingham, enquanto a Duquesa de Sussex emocionalmente se despedia de entes queridos, com seu voo para “casa” no Canadá saindo em questão de horas. Mas então, nem o casal esperava. Depois de começar o ano com uma proposta formal de mudar para cargos reais de meio período e trazer alguma privacidade e segurança necessárias à vida familiar, as esperanças de Harry e Meghan foram rapidamente frustradas por uma instituição aparentemente incapaz de aceitar a mudança como opção viável, (embora alguns membros da realeza em toda a Europa – e até outros membros da família real britânica – tenham conseguido equilibrar os deveres com a coroa e as carreiras individuais).

Dizer que eles foram esmagados é um eufemismo. É uma decisão que o casal ainda acha que não é necessária, mas também não foi uma surpresa, dada a falta de apoio que receberam, pois foram incansavelmente atacados por seções da imprensa britânica com mentiras quase diárias e comentários odiosos. Embora a cobertura recente dos tabloides tenha feito parecer que o lance meio a meio fora dos Sussex era sobre querer tudo, a realidade era um casal que ficou sem outra escolha a não ser criar sua própria mudança depois de ser deixado para defender contra circunstâncias impossíveis. Eles sabiam que algo tinha que mudar, mas também não queriam parar de apoiar a Rainha. Não se pode deixar de pensar que as coisas poderiam ter sido diferentes se um ou dois membros da família os defendessem nos tempos mais sombrios.

Apesar da dor e das dificuldades nos bastidores, o trabalho continua sendo uma prioridade para a Duquesa, que está animada por levar seus quatro patrocínios reais para o novo capítulo dos Sussexes. É também a razão pela qual eu estava no Palácio de Buckingham na segunda-feira, tendo sido convidado ao lado de dois outros jornalistas para cobrir o compromisso final de Meghan como realeza sênior: conhecer 23 estudantes que receberam bolsas de estudos da Association of Commonwealth Universities (ACU). Como patrona real, esse é um papel que Meghan continuará a priorizar, mesmo depois de voltar oficialmente em 31 de março, especialmente devido à sua posição como vice-presidente do Queen’s Commonwealth Trust. De fato, o tempo de Meghan na prestigiada Northwestern University de Illinois, onde se formou em relações internacionais e teatro, foi o que a atraiu para a ACU em primeiro lugar.

O valor e a importância do ensino superior é o motivo pelo qual ele deve ser acessível a todos, independentemente da sua formação, diz ela.

Conversando com os estudiosos, a Duquesa está ansiosa para saber mais sobre como seus estudos contribuirão para enfrentar os muitos desafios que nosso mundo enfrenta hoje. Enquanto ela conversava com os alunos, fica claro que ela já fez sua pesquisa sobre por que cada convidado foi convidado. É inspirador ver alguém tão preparado para esses compromissos, em vez de apenas aparecer para as fotografias. Mas Meghan não conhece outra maneira de fazê-lo.

Eu acho que é tão importante realmente se envolver com as pessoas, explica ela. Eu me preocupo com essas coisas!

O programa de bolsas da ACU recebe cerca de 900 estudantes financiados para estudar no Reino Unido todos os anos, e os convidados para a reunião de segunda-feira representam 11 países da Commonwealth no total. Halima Ali, advogada do Quênia que atualmente estuda mestrado em direito de energia e recursos naturais na Universidade Queen Mary de Londres, diz que o papel de Meghan como patrona é extremamente importante.

Para a Commonwealth e também para os países da África, diz ela, vê-la, seu interesse, sua participação, significa muito para nós.

Meghan pareceu particularmente impressionada ao conversar com Archana Kaliyaraj Selva Kumar, uma estudante de química da Universidade de Oxford, que dedicou grande parte de seu tempo a usar sua pesquisa para criar uma nova bateria de armazenamento de energia sustentável que pode ajudar comunidades de volta à Índia sem energia elétrica. Ela também é uma defensora de ajudar mais mulheres a entrar na ciência.

Que exemplo incrível você é, Meghan diz a ela. “E ver é acreditar. Outros te veem e… ver alguém naquele espaço é tão inspirador.

Durante uma conversa com uma aluna de doutorado do Quênia, os olhos de Meghan brilharam quando surge o assunto das viagens sustentáveis.

Isso é algo pelo qual meu marido é incrivelmente apaixonado, diz ela à estudante da Sheffield Hallam University. Durante nossas viagens ao Botsuana e a diferentes partes da África, vimos a ligação entre o turismo e quanto dinheiro está saindo do país, em vez de voltar para as comunidades. Tem que haver uma relação simbiótica.

Para suas próprias viagens com Harry, Meghan prefere se mover de uma maneira que lhes permita integrar-se com os habitantes locais.

Quando vamos ao Botsuana, pegamos uma mochila e montamos uma barraca!” Meghan ri. “Não é muito, mas é assim que gostamos!

De pé ao lado da sala, vejo a secretária geral da ACU Joanna Newman olhando orgulhosa. Ela conheceu bem a Duquesa de seus inúmeros compromissos e reuniões na ACU, e está animada com o fato de o relacionamento deles continuar longo no futuro.

Ela tem sido um amplificador fantástico de mensagens da ACU para um público muito mais amplo que nós“, ela me disse, acrescentando que seu patrocínio deu cobertura à ACU em lugares que nunca poderiam ter alcançado antes, incluindo a Harper’s BAZAAR. Ela chama Meghan de porta-voz poderosa, lembrando como ela iniciou conversas públicas sobre a falta de professores negros e até a pobreza da época.

As manchetes não foram sobre o que o nosso cliente está vestindo ou o compromisso oficial começou neste momento e terminou naquele momento e havia uma xícara de chá no meio, é sobre por que estamos fazendo o que fazemos e por que a ACU existe. Ela tem sido uma verdadeira defensora do trabalho que as universidades fazem.

A reunião da ACU acontece no final do que os assessores dos Sussexes apelidaram de “turnê de despedida” para Harry e Meghan – uma chance de amarrar pontas soltas no palácio enquanto assumia uma série de compromissos reais da realeza. O itinerário foi embalado, começando quando encontrei o Duque de Sussex, em Edimburgo, Escócia, em 26 de fevereiro, quando sua iniciativa de viagens sustentáveis, Travalyst, entrou em sua próxima fase de desenvolvimento. O ambicioso projeto será um componente-chave do portfólio filantrópico dos Sussexes e ficou extremamente claro o quão importante é a causa para Harry, que participa regularmente de reuniões nos bastidores. Conversando com ele pessoalmente recentemente, fiquei impressionado com o conhecimento que ele se tornou nesse campo. Suas muitas viagens ao Botsuana inspiraram o início da iniciativa há mais de um ano.

Reunindo-se após cinco dias de intervalo, a chegada espetacular de Harry e Meghan ao Endeavor Fund Awards serviu como um lembrete de sua capacidade de chamar a atenção do mundo. “Nada a ver aqui, apenas Meghan Markle mostrando a porra durante sua última rodada de deveres reais“, escreveu um usuário do Twitter, quando as fotos do casal radiantes sob o guarda-chuva se tornaram virais em todo o mundo. Dentro da cerimônia, o foco estava firmemente nos veteranos sendo homenageados, todos falando muito bem do Duque, ou capitão Wales, como ele é mais conhecido na comunidade de veteranos, e esse trabalho dentro da comunidade. É essa missão de apoiar militares que viu Harry se comprometer a continuar apoiando a comunidade em sua nova vida real não-trabalhadora, não apenas no Reino Unido, mas também na América do Norte. A primeira tarefa? Aproximando o trabalho do Endeavor Fund e dos Invictus Games, que ele ajudou a estabelecer. O compromisso de Harry ao longo da vida é o motivo pelo qual o Mountbatten Festival of Music, no sábado, foi um momento particularmente difícil, vestindo seu uniforme de Capitão-General da Marinha Real pela última vez. Desistir de seus deveres reais resultou no fim de suas honras militares – uma pílula particularmente difícil de engolir e algo que tem sido tão difícil para sua esposa testemunhar. E uma fonte próxima ao casal me diz, que é um ferimento que levará tempo para Harry curar.

A aparição surpresa de Meghan em uma escola no leste de Londres para o Dia Internacional da Mulher e compromissos tradicionais da realeza, como Harry abrindo um imersivo museu britânico de automobilismo ao lado de Lewis Hamilton (“Não há nada melhor do que abrir oficialmente um prédio muito aberto”, brincou o Duque sobre a Silverstone Experience, que abriu suas portas em outubro de 2019), completou o que foi uma montanha-russa de uma visita de despedida para os Sussexes. Dar continuidade ao trabalho sempre foi o que Harry e Meghan fizeram, mas por trás dos sorrisos das fotos tem um casal vulnerável que ainda está sofrendo muito.

De volta ao Palácio de Buckingham, os estudantes da ACU agora estão a caminho da Abadia de Westminster e Harry entra silenciosamente pela porta para dizer olá, a realidade – e as emoções – finalmente se instalam quando eu dou um abraço de despedida em Meghan. Ela está voltando para o Canadá no último vôo comercial do dia, ansiosa por estar de volta à Ilha de Vancouver para estar lá quando Archie acordar. Para um casal que sempre quis se concentrar em seu trabalho e trazer o bem ao mundo, parece um final desnecessariamente cruel para suas vidas reais. Forçados a desistir de papéis dos quais são incrivelmente orgulhosos, depois de sacrificar tanto para chegar lá.

Nesse ponto, a grande sala de estar está quase vazia e as lágrimas que a Duquesa estava bravamente segurando são livres para fluir entre rostos familiares. Quando ela abraça parte da equipe leal que ela provavelmente não verá novamente, não posso deixar de me sentir triste pelos membros dedicados da equipe cujos esforços incansáveis ​​- promover o trabalho do casal, lançar projetos de referência e lidar com o cotidiano quase diário crises provocadas por mentiras dos tablóides – chegaram a um fim abrupto. Comparada a outras famílias reais, era uma operação menor, com menos recursos do que os escritórios mais sofisticados da Clarence House e do Palácio de Kensington, mas no curto espaço de um ano desde a criação, a equipe Sussex se tornou como uma família, olhando pelo casal o máximo que podiam.

Embora as próximas semanas e meses apresentem novos desafios para os Sussexes, o casal realmente sente uma empolgação com o que está por vir, o que inclui a liberdade de trabalhar em um ritmo que lhes convenha, não mais sobrecarregado por protocolo ou ameaçados por agendas tóxicas. E apesar de muita especulação (incorreta) sobre empreendimentos comerciais específicos que eles possam empreender, Harry e Meghan estão ansiosos para ficar presos em seu trabalho, que ainda girará em torno de seus esforços humanitários e ajudará a ampliar as vozes dos jovens ao redor do mundo em uma ampla gama de questões.

O terreno pode ser um pouco diferente, mas suas prioridades são exatamente as mesmas de antes, diz uma fonte bem posicionada. Manter a família, e o mais importante, Archie, seguro é o que fará tudo isso valer a pena.

Fonte: Harper’s BAZAAR.

Tradução e adaptação: Meghan Markle Brasil.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Earlier this week The Duchess of Sussex, in her role as Patron of the Association of Commonwealth Universities (ACU), met with the bright minds from across the Commonwealth to hear about their commitment to tackling the global challenges we all face. The Duchess spoke with Scholars studying and researching important areas surrounding; cleaning up plastic pollution in our oceans, helping to build more sustainable cities, improving health outcomes for citizens, and supporting decent work and economic growth. Paving the way as the next generation of leaders, these inspirational scholars, are spread far across the Commonwealth from Malawi to Malaysia, Ghana to Sri Lanka – all of whom will use the skills and knowledge they gain while studying in the UK to make a difference when they return to their home countries. The Duchess, who also attended university with support of a scholarship, is a strong advocate of accessible education for all. As the Royal Patron of The Association of Commonwealth Universities (@The_ACU_Official) since January 2019, The Duchess has met and engaged with students, academics, and staff from ACU member universities across the Commonwealth to learn more about the vital work they do to address global challenges. As President and Vice President of The @Queens_Commonwealth_Trust, The Duke and Duchess thank all those who are working to give access to education for all.

Uma publicação compartilhada por The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) em

No início dessa semana, a Duquesa de Sussex, no seu papel como patrona da ACU se encontrou com brilhantes mentes de lugares da Commonwealth para falar sobre seu compromisso para combater os desafios globais que todos enfrentamos.

A Duquesa falou com estudiosos e pesquisadores nas áreas de importância como limpeza de plástico dos nossos oceanos, construção de cidades mais sustentáveis, melhorar condições de saúde dos cidadãos e apoiar trabalho decente e crescimento econômico.

Fazendo o caminho para a geração futura de líderes, esses inspiradores estudiosos estão espalhados por toda a Commonwealth, do Malauí a Malásia, de Gana ao Sri Lanka – todos que vão usar suas habilidades e conhecimentos que ganham estudando no Reino Unido para fazer a diferença quando voltarem para suas terras natais.

A Duquesa, que também estudou na universidade com apoio de bolsa escolar, é ativista do direito de todos ao acesso a educação. Como patrona real da ACU, desde Janeiro de 2019, ela tem encontrado e conversado com estudantes, acadêmicos e equipe dos membros da ACU ao redor da Commonwealth para aprender mais do trabalho vital que fazem para lidar com os desafios globais.

Como Presidente e Vice Presidente, o Duque e a Duquesa de Sussex agradecem o empenho de todos que trabalham pelo acesso de todos a educação.

 

WhatsApp_Image_2020-03-11_at_20_12_48.jpeg

Desde a decisão de deixar o cargo de membros seniores da família real, não vimos oficialmente o Duque e a Duquesa de Sussex em compromissos oficiais. O casal marcou presença no Endeavor Fund Awards 2020 em Londres na ultima quinta-feira, mas antes do inicio dos prêmios, Meghan foi vista saindo do The Goring Hotel. Entretanto não é de conhecimento público se o casal está hospedado no mesmo durante esse tempo que passarão no Reino Unido, ou se tiveram alguma reunião privada no mesmo.

Patrona do National Theatre desde janeiro de 2019, a Duquesa fez uma visita privada a instituição e conheceu de perto uma exibição de alta tecnologia de hologramas. A exposição que recebeu o nome de Immersive Storytelling Studio recebeu Meghan que foi dito que estava ansiosa para ver pessoalmente seu holograma, criado com o consentimento da Duquesa, que segundo o National Theatre, Meghan acredita que o estúdio e seu trabalho são muito importantes para mostra. A Duquesa de Sussex foi representada com um holograma da cantora Nubiya Brandon, que foi apresentado na exposição nacional All Kinds Of Limbo.

g_28129.jpeg o_28229.jpg

Já à noite, os Sussex saíram do The Goring Hotel caminhando para marcar presença no Endeavor Fund Awards e nem mesmo a chuva impediu a caminhada de Harry e Meghan. O casal estava deslumbrante durante o pequeno caminho, mostrando uma cumplicidade única que levou o público e os fotógrafos ao delírio. a aparição do Duque e da Duquesa marcou o inicios de seus compromisso finais como working royals.

Essa é a terceira aparição de Meghan no Endeavor Fund Awards, já que desde 2018 quando ainda era noiva do Principe Harry, ela o acompanha no prêmio, que foi fundado assim como a instituição pelo Duque de Sussex.

Assim como nas outras vezes, a Duquesa entregou um dos prêmios da noite. A Duquesa de Sussex foi a primeira entre o casal a anunciar um prêmio. Ela anunciou o vencedor da categoria Celebrating Excellence, que teve como vencedor Lee Spencer, que se tornou a primeira pessoa com deficiência física do mundo a remar da Europa para a América do Sul sozinho e sem apoio.

Antes do anuncio do vencedor Meghan falou sobre o sentimento dela e de Harry ao assistir os vídeos dos concorrentes no Canadá. Para amplo conhecimento, desde sua fundação em 2012, o The Endeavor Fund apoiou 108 projetos, teve US$ 3,8 milhões doados, deram suporte a mais de 6.000 funcionários com oportunidades de redescobrir a autoconfiança e o espírito de luta através de desafios físicos.

Um grande momento na cerimônia foi quando Danny Holland, vencedor da categoria reconhecimento de conquistas pediu a sua agora noiva em casamento em frente de toda a plateia. Os Sussexes assim como todos os presentes ficaram surpresos e emocionados pelo casal.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Tonight in London, for their third consecutive year, The Duke and Duchess of Sussex attended the annual Endeavour Fund Awards, which celebrates the achievements of those veterans injured in service who have taken part in remarkable sporting and adventure challenges over the last year. By choosing to take on what seems impossible, these men and women not only set goals for themselves but have also inspired millions of people around the world. These annual awards bring together The Duke and The Duchess alongside wounded, injured and sick Service personnel and veterans as well as their families, friends and supporters of the military community. The Duke, who founded the @EndeavourFund, spoke on the night: • “The Endeavour Fund came from seeing the gaping hole that can be left after taking off that uniform. The power that sport and adventurous challenge plays in recovery, yes; but most of all – the chance to be part of a team again while attempting to achieve unthinkable challenges – as if being shot or blown up wasn’t enough, you guys continue to impress, inspire and challenge what it means to have a life changing injury.” • Since its launch in 2012, the Endeavour Fund has supported 108 projects that have directly assisted over 6,000 of those injured in service. Congratulations to all those who participated in endeavours over the last year and inspired others to push the boundaries of what’s possible! #EndeavorFundAwards

Uma publicação compartilhada por The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) em

Hoje, em Londres, pela terceira vez consecutiva, o Duque e a Duquesa de Sussex foram ao #EndeavourFundAwards que celebra as conquistas dos veteranos que foram feridos no serviço e que fazem parte de memoráveis esportes e aventuras no último ano.

Por escolherem fazer o que parece impossível, esses homens e mulheres não apenas tem seus próprios objetivos alcançados, mas também inspiram pessoas ao redor do mundo.

Esse evento anual junta o Duque e a Duquesa com a equipe e os veteranos que foram machucados, feridos, e estão doentes por conta do serviço, assim como suas famílias, amigos e apoiadores. O Duque que fundou o Endeavour falou essa noite: ‘O Endeavour Fund veio até mim por conta do buraco que fica ao tirar o uniforme. Há poder dos esportes e desafios de aventura no processo de recuperação, sim, com certeza, mas acima de tudo, a sensação de fazer parte de algo por um período enquanto tenta superar desafios impensáveis – como se levar um tiro, ou ser atendido por balas não fosse o bastante, vocês continuam me surpreendendo, inspirando e desafiando no que significa ter uma ferida que muda sua vida.” Desde sua fundação, em 2012, o Endeavour Fund ajudou 108 projetos que apoiaram diretamente mais de 6,000 desses feridos em batalha.

Parabéns a todos que participaram do Endeavour no último ano e inspiraram outros a superarem as barreiras do impossível.

Meghan usou vestido midi azul de Victoria Beckham, com salto agulha Manolo Blahnik, sua bolsa era um modelo Stella McCartney quadrada e o seu cabelo estava penteado para trás em um rabo de cavalo baixo, elegante e sofisticado, com uma parte do meio.

C_28229.jpgE_282629.jpgE_283029.jpgS_285829.jpg

 

NOTA OFICIAL DO DUQUE E DA DUQUESA DE SUSSEX:

Temos o prazer de poder compartilhar agora com você uma atualização de muitos detalhes acordados em uma reunião da Família Real em janeiro de 2020, que descreve os novos papéis do Duque e da Duquesa de Sussex, entrando em vigor na primavera de 2020. Esperávamos poderá compartilhar esses detalhes com você mais cedo (para atenuar qualquer confusão e subsequentes declarações incorretas), mas os fatos abaixo devem ajudar a fornecer alguns esclarecimentos sobre essa transição e as etapas para o futuro.

CONFORME ACORDADO E ESTABELECIDO EM JANEIRO DE 2020:

– Concorda-se que o início do papel revisado do Duque e da Duquesa de Sussex entrará em vigor na primavera de 2020 e passará por uma revisão de 12 meses.

– A Família Real respeita e entende o desejo do Duque e da Duquesa de Sussex de viver uma vida mais independente em família, removendo a suposta justificativa de “interesse público” para a invasão da mídia em suas vidas. Eles continuam sendo uma parte valiosa da família de Sua Majestade.

– O Duque e a Duquesa de Sussex tornam-se membros da Família Real com financiamento privado, com permissão para obter sua própria renda e a capacidade de perseguir seus próprios interesses de caridade.

– A preferência do Duque e da duquesa de Sussex era continuar a representar e apoiar Sua Majestade a Rainha, embora em uma capacidade mais limitada, embora não se beneficiasse do Sovereign Grant.

– Embora haja precedentes para outros membros com título de nobreza da Família Real procurarem emprego fora da instituição, para o Duque e a Duquesa de Sussex, um período de revisão de 12 meses foi estabelecido.

– De acordo com o contrato, o Duque e a Duquesa de Sussex entendem que são obrigados a se afastar dos deveres reais e não assumir deveres representativos em nome de Sua Majestade, a Rainha.

– Conforme acordado e estabelecido em janeiro, o Duque e a Duquesa de Sussex manterão seu prefixo “HRH”, permanecendo formalmente conhecido como Sua Alteza Real, o Duque de Sussex e Sua Alteza Real, a Duquesa de Sussex. O Duque e a Duquesa de Sussex não usarão mais ativamente seus estilos de HRH, pois não serão mais membros trabalhadores da família a partir da primavera de 2020.

– Como neto de Sua Majestade e segundo filho do Príncipe de Gales, Príncipe Harry, o Duque de Sussex permanece em sexto na fila do trono da Monarquia Britânica e da Ordem de Precedência.

– Foi acordado que o Duque e a Duquesa não poderão mais cumprir formalmente os “deveres oficiais” da Rainha ou representar a Commonwealth, mas terão, no entanto, permissão para manter seus patrocínios (incluindo aqueles classificados como patrocínios reais”).

– Concorda-se que o Duque e a Duquesa de Sussex continuarão a exigir segurança efetiva para protegê-los e a seu filho. Isso se baseia no perfil público do Duque em virtude de nascer na Família Real, em seu serviço militar, no perfil independente da Duquesa e no nível compartilhado de ameaças e riscos documentado especificamente nos últimos anos. Nenhum detalhe adicional pode ser compartilhado, pois essas informações são classificadas por razões de segurança.

– Em relação às forças armadas, o Duque de Sussex manterá o posto de major e as fileiras honorárias de tenente-comandante e líder de esquadrão. Durante esse período de revisão de 12 meses, as nomeações militares oficiais do Duque não serão usadas como presente do Soberano. Nenhuma nova nomeação será feita para preencher essas funções antes que a revisão de 12 meses dos novos arranjos seja concluída.

– Enquanto estiver de acordo com o contrato, o Duque não desempenhará nenhum dever oficial associado a essas funções, dada sua dedicação à comunidade militar e dez anos de serviço, ele continuará, é claro, seu apoio inabalável à comunidade militar em uma capacidade não oficial. Como fundador dos Invictus Games, o Duque continuará orgulhosamente apoiando a comunidade militar em todo o mundo através da Invictus Games Foundation e do The Endeavor Fund.

– Com base no desejo do Duque e da Duquesa de Sussex de ter um papel reduzido como membro da Família Real foi decidido em janeiro que seu Escritório Institucional teria que ser fechado, dado o principal mecanismo de financiamento para esse escritório oficial no Palácio de Buckingham vem de Sua Alteza Real O Príncipe de GalesO Duque e a Duquesa compartilharam essas notícias pessoalmente com sua equipe em janeiro, depois que souberam da decisão e trabalharam em estreita colaboração com sua equipe para garantir uma transição suave para cada um deles.

– Durante o último mês e meio, o Duque e a Duquesa permaneceram ativamente envolvidos nesse processo, que tem sido entristecedor para o Duque e a Duquesa e sua equipe leal, dada a proximidade de Duas Altezas Reais e de sua equipe dedicada.

– Como o Duque e a Duquesa não serão mais considerados trabalhadores em tempo integral da Família Real, foi acordado que o uso da palavra ‘Royal’ precisaria ser revisto no que se refere às organizações a elas associadas nesse novo aspecto. Mais detalhes sobre isso abaixo.

DETALHES ADICIONAIS:

– Conforme compartilhado no início de janeiro neste site, O Duque e a Duquesa de Sussex não planejam iniciar uma ‘fundação’, mas pretendem desenvolver uma nova maneira de efetuar mudanças e complementar os esforços feitos por tantas fundações excelentes em todo o mundo.

– A criação dessa entidade sem fins lucrativos será um acréscimo ao trabalho orientado por causa com o qual eles permanecem profundamente comprometidos. Embora o Duque e a Duquesa estejam focados nos planos para estabelecer uma nova organização sem fins lucrativos, dadas às regras específicas do governo do Reino Unido em torno do uso da palavra ‘Royal’, foi acordado que a organização sem fins lucrativos não utilizará o nome ‘ Sussex Royal ‘ou qualquer outra iteração de’ Royal ‘.

– Pelo motivo acima, os pedidos de marcas registradas que foram arquivados como medidas de proteção e que refletiam as mesmas solicitações de marcas registradas padrão feitas para a Fundação Real do Duque e a Duquesa de Cambridge, foram removidos.

– Embora não haja nenhuma jurisdição da Monarquia ou do Gabinete sobre o uso da palavra ‘Royal’ no exterior, o Duque e a Duquesa de Sussex não pretendem usar ‘Sussex Royal’ ou qualquer iteração da palavra ‘Royal’ em qualquer território (dentro do Reino Unido ou não) quando a transição ocorrer na primavera de 2020.

– Como o Duque e a Duquesa de Sussex continuam desenvolvendo sua organização sem fins lucrativos e planejando seu futuro, esperamos que você use este site como fonte de informações factuais. Na primavera de 2020, seus canais digitais serão atualizados à medida que introduzirem a próxima fase emocionante para você.

O Duque e a Duquesa de Sussex aguardam ansiosamente a oportunidade de compartilhar mais com você e agradecer muito seu apoio!

Para juízo de valor, a primavera do hemisfério norte se inicia em 20 de março, contudo, os novos papéis dos Sussexes entrarão em vigor após o dia 31 de março, ou seja, a partir do 01 de abril, Harry e Meghan tornarão membros financeiramente independentes da Família Real Britânica.

O que se destaca em todo esse contexto primeiramente é a parte de que o Duque e a Duquesa desde janeiro já haviam deixado claro para seus funcionários que o escritório seria fechado e que foi triste para o casal ter que se desligar de pessoas que tão bem contribuíram para um bom trabalho, além de se tornarem aliados fieis do Duque e da Duquesa. Não ficou claro, entretanto se todo o time foi realocado ou demito, e se por acaso algum se tornará funcionário da entidade de caridade dos Sussexes. Entretanto deveremos saber sobre isso quando a entidade for lançada.

O Duque de Sussex manterá sua colocação como major do exercito e suas nomeações honorárias de tenente-comandante e líder de esquadrão. As duas últimas foram nomeações da Rainha, e seguindo o acordo estabelecido, Harry não participará de nenhum evento oficial referente a essas nomeações e no próximo ano quando o acordo for revisado, provavelmente Harry perderá as nomeações honorárias. Contudo ele segue com seu apoio e projetos ligados aos militares.

Os Sussexes também deixaram bastante claro que não pretendem lançar uma fundação de caridade, e sim, uma entidade sem fins lucrativos. Partindo do inicios da polemicas referente ao uso do nome Royal na possível “fundação”, o acordo feito deixa bastante claro que o Duque e a Duquesa não usarão Royal nem Sussex Royal em seus veículos oficiais de informação, ou seja, sua entidade de caridade não levará o Royal em seu nome e o username do instagram até hoje conhecido como SussexRoyal será mudado a qualquer instante a partir do dia 01 de abril.

A marca Sussex Royal anteriormente registrada pelo casal com fim de proteger o nome também será liberada nas próximas semanas. O Duque e a Duquesa não pretendiam lançar nenhum produto com esse nome, eles somente o protegeram assim como os Cambridges fizeram com a marca The Royal Foundation.

Voltando ao tópico fundação de caridade e entidade sem fins lucrativos, vamos tentar esclarecer a diferença das duas para que enfim você possa entender o que é pretendido pelo Duque e a Duquesa de Sussex, deixando claro que pode haver variações no conceito dependendo do país:

Entidade sem fins lucrativos é toda união de pessoas, promovida com um fim determinado, seja de ordem beneficente, literária, científica, artística, recreativa, desportiva ou política, que não tenha finalidade lucrativa. Sua finalidade pode ser altruística – como uma associação beneficente que atende a uma comunidade sem restrições qualificadas – ou não altruística, no sentido de que se restringe a um grupo seleto e homogêneo de associados.

Fundação é a instituição que se forma ou se funda pela constituição de um patrimônio para servir a certo fim de utilidade pública ou atuar em benefício da sociedade. As fundações se caracterizam por seus fins de caridade ou beneficentes (seu objetivo principal), e pelo fato de ocorrer, com a sua instituição, uma personalidade patrimonial. Isso quer dizer que, diferente das associações, onde o núcleo central é o indivíduo, nas fundações o núcleo central é o patrimônio.

De qualquer forma, os moldes com que eles trabalharão serão anunciados pelos próprios nas próximas semanas. Gostaríamos de deixar leituras interessantes para vocês de alguns jornalistas que não fazem duplo juízo de valor.

Alan Rusbridger escreveu um artigo no The Guardian sobre como a realeza é perseguida pela mídia britânica e dá uma excelente visão das coisas que aconteceram com os Sussexes.

Já no Buzzfeed, Ellie Hall de maneira sucinta nos deixa pensar sobre as razões que levam que todas as manchetes da realeza ser ligada a Harry e Meghan (de forma negativa, diga-se de passagem), além de fazer questionamentos pertinentes sobre os vazamentos de informações do Duque e da Duquesa vindos do Palácio.