Seja bem-vindo ao hotsite do Meghan Markle Brasil sobre a Duquesa de Sussex. Aqui você encontrará todas as informações relacionadas aos seus projetos e a sua vida pessoal. Se retirar algo deste espaço, por favor, credite. Esperamos que gostem e voltem sempre!

Meghan, Duquesa de Sussex, nascida Rachel Meghan Markle em Los Angeles, 04 de agosto de 1981 é uma ex-atriz norte-americana e membro da Família Real Britânica através de seu casamento com o Príncipe Harry, Duque de Sussex, sexto na linha de sucessão ao trono britânico. Markle é mãe de dois filhos: Archie Harrison Mountbatten-Widsor e Lilibet Diana Harrison Mountbatten-Windsor, que ocupam atualmente a sétima e oitava posição na linha de sucessão ao trono.

Ela é conhecida pelos seus papéis de Rachel Zane na série Suits e de Amy Jessup na série Fringe. Participou ainda em filmes como Remember MeHorrible Bosses e Anti-Social. O noivado com Harry foi anunciado a 27 de novembro de 2017 e eles se casaram em 19 de maio de 2018 na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor,na Inglaterra. Após o matrimônio, Meghan encerrou sua carreira como atriz e se dedica a causas humanitárias. Markle é co-fundadora da Archewell Foundation, ao lado de seu marido, Harry. Nos dias atuais, a familia reside na cidade de Montecito na Califórinia.

 

INFÂNCIA E EDUCAÇÃO

Meghan Markle nasceu e foi criada no Condado de Los Angeles, Califórnia, filha de Doria Loyce Ragland, uma assistente social afro-americana, e de Thomas Wayne Markle, um diretor de fotografia branco, vencedor de um Emmy. A mãe de Meghan é descendente de escravos da Geórgia, ao passo que o pai é descendente de imigrantes europeus, muitos deles originários da Inglaterra. Em uma entrevista, Meghan descreveu-se como uma “(…) forte e confiante mulher mestiça”. Os pais de Meghan se divorciaram quando ela tinha seis anos de idade. Ela tem dois meios-irmãos paternos mais velhos, Samantha Markle e Thomas Markle Jr., de quem ela nunca teve uma amizade próxima.

Descrevendo sua herança em um ensaio de 2015 para Elle, Meghan Markle declarou:

Meu pai é caucasiano e minha mãe é afro-americana. Eu sou metade negra e metade branca… Enquanto minha herança mista pode ter criado uma área cinza em torno de minha auto- identificação, mantendo-me com um pé em ambos os lados da cerca, eu vim para abraçar isso, para dizer quem eu sou, para compartilhar de onde estou, para expressar meu orgulho em ser uma forte e confiante mulher mista.

A profissão do pai levou que Meghan passasse muito tempo em criança nos estúdios onde se filmava a série Married with Children, no qual ele trabalhava. A Duquesa frequentou a Escola Little Red de Hollywood, com idades entre 02 e 11 anos, e iniciou o ensino médio no Immaculate Heart High School, em 1992, uma escola católica para garotas. Ela então frequentou a Universidade Northwestern, onde ela se juntou a Kappa Kappa Gama Irmandade e participou de projetos de serviço comunitário e de caridade. Ela também trabalhou um estágio na embaixada americana em Buenos Aires, Argentina, e estudou por um semestre em Madrid, Espanha. Em 2003, ela terminou um curso de Relações Internacionais na Universidade Northwestern. Durante seu tempo na universidade, Meghan fez um estágio na Embaixada dos EUA em Buenos Aires, Argentina, onde aprendeu a falar espanhol. Ela também estudou francês por seis anos.

CARREIRA ARTÍSTICA

No início de sua carreira, Meghan trabalhou como caligrafa freelancer para se sustentar entre os trabalhos de atriz. Sua primeira aparição na tela foi um pequeno papel como enfermeira em um episódio da novela do dia General Hospital. Markle teve pequenos papéis temporários nos programas de televisão Century City (2004), The War at Home(2006) e CSI: NY (2006). Ela também assumiu várias funções de contrato e modelagem, incluindo um período como uma “garota de maleta” no programa americano Deal or No Deal. Ela apareceu na série da Fox, Fringecomo Junior Agent Amy Jessup nos dois primeiros episódios de sua segunda temporada. Markle teve alguma dificuldade em conseguir papéis no início de sua carreira. Em 2015, ela escreveu:

É ‘etnicamente ambíguo’, como eu estava na indústria, significava que eu poderia fazer um teste para praticamente qualquer papel… Infelizmente, isso não importava: eu não era negro o bastante para os papéis negros e eu não era branco o suficiente para os brancos, deixando-me em algum lugar no meio como o camaleão étnico que não conseguia ter um emprego.

Meghan Markle apareceu em dois filmes de 2010, Get Him to the Greek e Remember Me e um filme de 2011, Horrible Bosses. Ela recebeu $187.000 por seu papel em Remember Me e $171.429 por seu papel no curta-metragem The Candidate. Ela também apareceu em episódios de Cuts, Love, Inc., 90210, Knight Rider, Without a Trace, The League e Castle.

Em julho de 2011, Meghan se juntou ao elenco dos EUA Network em Suits. Sua personagem, Rachel Zane, começou como uma assistente jurídica e acabou se tornando uma advogada. Sua ultima participação foi na 7ª temporada no fim de 2017. De acordo com uma crítica no The Irish Times, Meghan Markle “reposicionou ativamente” seu personagem de ingênua para “a consciência moral do programa” e deu aos espectadores o retrato único de uma filha, cujo pai afro-americano está em posição de ajudar sua carreira e avançar seu “desejo de quebrar os tetos de vidro raciais e de gênero”. Enquanto trabalhava em Suits, Meghan morava nove meses por ano em uma casa alugada no bairro de Seaton Village, em Toronto. A revista Fortune estimou que Markle recebeu $50.000 por episódio, totalizando um salário anual de cerca de $450.000.

Em 2014, Meghan fundou o site de estilo de vida The Tig, onde escreveu sobre alimentação, moda, beleza e viagens, além de mulheres inspiradas. Como o site cresceu, Meghan trouxe especialistas como nutricionistas, maquiadores e instrutores de fitness e yoga. O público do site consistia principalmente dos em seus fãs e os fãs da série Suits. Meghan reforçou as mensagens de auto amor, positividade e espiritualidade do The Tig nas mídias sociais, alcançando 3 milhões de seguidores no Instagram, 800.000 no Facebook e 350.000 no Twitter. Ela fechou o The Tig em abril de 2017, tendo todos os seus artigos off-line, e excluiu suas contas de mídia social em janeiro de 2018. Estima-se que, como um blogueira de estilo de vida, Markle ganhou cerca de $80.000 por ano de endossos e patrocínios.

MODA E ESTILO

Como editora-chefe do The Tig, Meghan Markle ficou conhecida por seu senso de moda. Ela lançou duas coleções de moda com a empresa de roupas canadense Reitmans em 2015 e 2016. As linhas foram baseadas em seu estilo pessoal e de sua personagem Suits, descrito como “aspirational girl next door” e rapidamente foi esgotada.

Markle citou Emmanuelle Alt como inspiração de estilo. Em uma entrevista com Glamour a Duquesa disse que ela preferia “aquela maneira francesa de estilizar, onde se a sua roupa é combinada, então algo tem que ser desgrenhado – seu cabelo, sua maquiagem”. Em sua juventude, “a sensibilidade de Markle sempre foi relaxada estilo garota da Califórnia”, consistindo de jeans, cortes e flip-flops. “Ela geralmente prefere vestidos aerodinâmicos” com cores neutras e decotes de barco, e gosta de trajes monocromáticos e tonais”.

Em dezembro de 2017, Markle causou um aumento no interesse da varejista escocesa Strathberry depois de levar uma de suas bolsas para um evento público logo após o noivado.

Em 2018, Tatler nomeou a Duquesa em sua lista das pessoas mais bem vestidas da Grã-Bretanha, elogiando-a por redefinir “o estilo real moderno a cada aparição subsequente”. Após o anúncio de sua gravidez, a Duquesa apareceu em um vestido de Karen Gee que resultou no colapso do site do designer. Ela foi classificada como uma das mulheres mais bem vestidas em 2018 pelo site de moda Net-a-Porter e foi indicada para o Teen Choice Awards de 2018 na categoria Choice Style Icon.

VIDA PESSOAL

Meghan iniciou um relacionamento com o ator e produtor Trevor Engelson em 2004. Eles se casaram em Ocho Rios, Jamaica, em 10 de setembro de 2011 e concluíram o divórcio em agosto de 2013, citando diferenças irreconciliáveis. O relacionamento seguinte de Meghan com o célebre chef e restaurateur Cory Vitiello durou quase dois anos, terminando em 2016.

Em meados de 2016 surgiram rumores de que Meghan Markle estaria namorando o príncipe Harry. Em novembro do mesmo ano o Palácio de Kensington confirmou o relacionamento dos dois. No mesmo comunicado era pedido para que Meghan parasse de sofrer ataques racistas e sexistas pela imprensa e nas redes sociais. Meghan e o Harry se conheceram em julho de 2016, através de amigos comuns, em um encontro a cegas, e namoraram durante vários meses antes da relação se tornar pública. A primeira vez que apareceram juntos e se deixaram fotografar foi mês de setembro de 2016, em Toronto, nos Jogos Invictus, uma competição para veteranos de guerra apadrinhada pelo príncipe.

No dia 27 de novembro de 2017, em comunicado, a Clarence House informou o noivado de Harry e Meghan:

O Príncipe de Gales está encantado por anunciar o noivado do príncipe Harry com Meghan Markle. O casamento realizar-se-á na primavera de 2018. Mais detalhes serão anunciados oportunamente. Sua Alteza Real e Senhorita Markle ficaram noivos em Londres no início deste mês. O Príncipe Harry informou a Sua Majestade a Rainha e outros membros próximos da família. O Príncipe Harry também pediu e recebeu a bênção dos pais de Senhorita Markle. O casal irá viver em Nottingham Cottage, no Palácio de Kensington.

Os pais de Meghan também emitiram nota afirmando estar “incrivelmente felizes pela Meghan e pelo Harry”. A Rainha Elizabeth II emitiu um comunicado a declarou-se “encantada” com o noivado. O duque e a duquesa de Cambridge, William e Catherine dizem estar “muito entusiasmados por Harry e Meghan”, acrescentando que tem sido “maravilhoso conhecer Meghan e ver como ela e Harry são felizes juntos”.

O anúncio gerou comentários positivos sobre o possível significado social de um membro mestiço da família real. Meghan anunciou que ela iria se aposentar e começou o processo de se tornar uma cidadã britânica. Durante a preparação para o casamento, o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, batizou Markle na Igreja da Inglaterra em 6 de março de 2018. A cerimônia privada, realizada com água do rio Jordão, teve lugar na Capela Real no Palácio de St. James.

A cerimônia de casamento foi realizada em 19 de maio na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor. O Duque e a Duquesa viveram em Nottingham Cottage em Londres, nos terrenos do Palácio de Kensington por alguns meses após a cerimônia de casamento.

Em 15 de outubro de 2018, foi anunciado que os Sussexes estavam esperando seu primeiro filho:

Suas Altezas Reais O Duque e a Duquesa de Sussex têm o prazer de anunciar que a Duquesa de Sussex está esperando um bebê na primavera de 2019. Suas Altezas Reais agradecem todo o apoio que receberam de pessoas ao redor do mundo desde o casamento em maio e estão felizes em poder compartilhar essa boa notícia com o público.

Já em 24 de novembro de 2018, foi anunciado que Meghan e Harry se mudariam para Frogmore Cottage em Windsor:

O Duque e a Duquesa de Sussex se mudarão para o Frogmore Cottage em Windsor Estate no início do ano que vem, enquanto se preparam para a chegada do primeiro filho. O casal viveu em Nottingham Cottage desde o noivado no ano passado. Windsor é um lugar muito especial para suas Altezas Reais e eles são gratos por sua residência oficial estar na propriedade. O escritório do Duque e da Duquesa continuará baseado no Palácio de Kensington.

Mas em 14 de março foi anunciado que o Duque e a Duquesa de Sussex receberam a permissão e o apoio da Rainha e do príncipe de Gales para ter seu próprio escritório, se separando dos Cambrigdes. O novo escritório de Meghan e Harry está fixado no Palácio de Buckingham.

O primeiro filho dos Sussexes nasceu na manhã do dia 06 de maio de 2019:

Sua Alteza Real A Duquesa de Sussex deu a luz com segurança a seu filho às 05h26 desta manhã.

O bebê pesa 2,3KG.

O Duque de Sussex esteve presente durante o parto.

A Rainha, o Duque de Edimburgo, o Príncipe de Gales, a Duquesa da Cornualha, o Duque e a Duquesa de Cambridge, Lady Jane Fellowes, Lady Sarah McCorquodale e Earl Spencer foram informados e estão encantados com a notícia.

A mãe da duquesa, Doria Ragland, que está muito feliz com a chegada de seu primeiro neto, e está com Suas Altezas Reais em Frogmore Cottage.

Sua Alteza Real e o bebê estão bem.

Dois dias após o nascimento da criança, foi realizado um photocall intimista na St. George Hall no Castelo de Windsor. Horas após divulgação das fotos tivemos o conhecimento do nome do bebê:

O Duque e a Duquesa de Sussex têm o prazer de anunciar o nome de seu primeiro filho:

Archie Harrison Mountbatten-Windsor

Nesta tarde, Suas Altezas Reais apresentaram a Sua Majestade a Rainha o seu oitavo bisneto no Castelo de Windsor. O duque de Edimburgo e a mãe da duquesa também estavam presentes para esta ocasião especial.

Foi dito que, Harry e Meghan preferem que seu filho não seja conhecido por nenhum título de cortesia, mesmo que ele tenha tenha direito de usar o título subsidiário de seu pai, o de Conde de Dumbarton.

 

SAÍDA DOS DEVERES REAIS

Em 08 de janeiro de 2020, após o primeiro compromisso do ano, o casal anunciou seu desejo de se não serem mais working royals. Meghan e Harry ao manifestarem esse desejo, procuram independência financeira:

Após muitos meses de reflexão e discussões internas, optamos por fazer uma transição este ano, começando a desempenhar um novo papel progressivo dentro desta instituição. Pretendemos dar um passo atrás como membros “sêniores” da Família Real e trabalhar para nos tornar financeiramente independentes, continuando a apoiar totalmente Sua Majestade a Rainha. É com seu encorajamento, principalmente nos últimos anos, que nos sentimos preparados para fazer esse ajuste. Agora, planejamos equilibrar nosso tempo entre o Reino Unido e a América do Norte, continuando a honrar nosso dever para com a Rainha, a Commonwealth e nossos patrocínios. Esse equilíbrio geográfico nos permitirá apreciar nosso filho com a tradição real em que ele nasceu além de proporcionar à nossa família o espaço para se concentrar no próximo capítulo, incluindo o lançamento de nossa nova entidade beneficente. Esperamos ansiosamente compartilhar todos os detalhes deste emocionante próximo passo no devido tempo, enquanto continuamos a colaborar com Sua Majestade, a Rainha, o Príncipe de Gales, o Duque de Cambridge e todas as partes relevantes. Até lá, aceite nossos mais profundos agradecimentos por seu apoio contínuo.

A partir de então as discussões finais sobre como seria o papel dos Sussexes daquele momento em diante. O Duque de Sussex então se reuniu com a Rainha, o Príncipe de Gales e o Duque de Cambridge e ao fim dessa reunião, Sua Majestade enviou para a imprensa um comunicado:

Hoje, minha família e eu tivemos uma discussão construtiva do futuro do meu neto e sua família.

Minha família e eu apoiamos inteiramente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida como uma jovem família. Apesar de preferirmos que eles se mantivessem integralmente como membros sêniores da Família Real, nós respeitamos e entendemos seu desejo de viver uma vida mais independente enquanto ainda são parte valiosa da minha família.

Harry e Meghan deixaram claro que não querem ser mantidos por fundos públicos em sua nova vida.

Ficou acordado que existirá um período de transição em que os Sussexes vão ficar entre Reino Unido e Canadá.

Tem assuntos complexos para minha família resolver e mais algum trabalho a ser feito, mas eu pedi para isso ser feito nos próximos dias.

Em 18 de janeiro enfim, tivemos enfim um anuncio final de como as coisas ficaram e que Meghan e Harry não usarão mais o estilo de sua alteza real, apesar de ainda possuir o estilo, para que eles possam buscar a independência financeira conforme eles almejam. Palavras da Rainha Elizabeth II:

Depois de meses de conversas e outras mais recentes, eu fico feliz que juntos encontramos uma solução construtiva para o futuro do meu neto e sua família.

Harry, Meghan e Archie sempre serão membros muito amados de minha família.

Eu reconheço os desafios que eles experimentaram como resultado da intensa perseguição nesses dois anos e apoio seu desejo de uma vida independente.

Gostaria de agradecer a eles por seu trabalho dedicado ao país, Commonwealth e além e eu estou particularmente orgulhosa de como a Meghan se tornou rapidamente parte da família.

É com toda a esperança da família que esperamos que o acordo de hoje permita que eles construam uma vida feliz e em paz.

Em seguida o Palácio de Buckingham enviou mais um comunicado, explicando com mais detalhes o acordo feito entre os Sussexes e os membros sêniores da Família Real:

O Duque e a Duquesa de Sussex são gratos a Sua Majestade e à Família Real por seu apoio contínuo enquanto embarcam no próximo capítulo de suas vidas.

Conforme acordado neste novo arranjo, eles entendem que são obrigados a voltar das funções reais, incluindo compromissos militares oficiais.

Eles não receberão mais fundos públicos para os deveres reais. Com a bênção da Rainha, os Sussexes continuarão mantendo seus patrocínios e associações particulares.
Embora não possam mais representar formalmente a Rainha, os Sussexes deixaram claro que tudo o que fizerem continuará a defender os valores de Sua Majestade.

Os Sussexes não usarão seus estilos de Sua Alteza Real, pois não são mais membros trabalhadores da Família Real.

O Duque e a Duquesa de Sussex compartilharam seu desejo de reembolsar as despesas do Sovereign Grant pela reforma do Frogmore Cottage, que continuará sendo sua casa familiar no Reino Unido.

O Palácio de Buckingham não comenta os detalhes dos arranjos de segurança. Existem processos independentes bem estabelecidos para determinar a necessidade de segurança com financiamento público.

Este novo modelo entrará em vigor na primavera de 2020.

Sendo assim, a partir de março de 2020, o novo modelo de trabalho do Duque e da Duquesa de Sussex será implantado.