Um investigador particular assumiu que foi pago pelo britânico The Sun para obter informações pessoais de Meghan Markle em 2016, logo no início de seu relacionamento com o príncipe Harry. O investigador de nome Daniel Hanks disse a BCC News que além de ser pago pelo The Sun, ele conseguiu todas as informações pessoais da Duquesa de forma ilegal.

Além de coletar informações de Meghan, Hanks obteve informações privadas dos pais de Markle, seu ex-marido, colegas de trabalho e outros membros de sua família. O The Sun afirma que pediu que Daniel fizesse as investigações, mas que pediu que todos os dados fossem coletados legalmente. Daniel Hanks diz que o tabloide britânico estava ciente que os não havia como coletar aqueles dados de forma legal.

O relatório foi chamado de “relatório abrangente sobre Meghan e sua família” e nele continham o numero de telefone de Markle, além de todos seus endereços e número de seguro social. Os dados abrangiam seus familiares.

A BBC News relata que nos Estados Unidos, investigadores particulares licenciados tem acesso total aos bancos de dados que possuem informações pessoais, mas esse acesos só é permitido em caso de relatórios judiciais e não para fins jornalísticos, o que toda a ação de Hanks e The Sun ilegal. Daniel Hanks afirmou que:

Praticamente tudo o que descobri, eles puderam descobrir por meios legais – com exceção dos números da segurança social. Quando você tem essa informação … é a chave do reino.

Hanks também tinha como alvo principal o meio-irmão problemático de Meghan, Thomas Markle Junior, e sua mãe Doria Ragland. Também segundo ele, o The Sun tentou descobrir um pouco mãos sobre o ex-marido e seus ex-namorados. Mas nada disso adiantou, pois NENHUM escândalo envolvendo Meghan foi encontrado.

Não é nenhuma novidade para quem acompanha Meghan e Harry o papel de destaque que o The Sun desempenhou ao longo desses anos no assassinato da reputação de Markle. O príncipe Harry neste exato momento está processando o The Sun por alegações de invasão de seu telefone celular em 2011. Não podemos esquecer que logo no inicio do relacionamento publico dos Sussex em 2016, o The Sun publicou um extenso artigo afirmando que Harry “bombardeou” Meghan com mensagens de texto após um fim de semana que ambos passaram juntos na casa de Markle em Toronto.

Hanks descobriu um endereço em nome de Meghan em West Hollywood e se dirigiu até lá no mesmo instante. Sob instruções diretas do The Sun, Hanks secretamente tirou fotos da propriedade arborizada, para que o jornal pudesse contratar repórteres e fotógrafos especializados para vigiá-la. O mesmo foi repetido com o bangalô de Thomas Markle no México.

Daniel Hanks relata que no dia seguinte após as fotos da propriedade na California, a correspondente real Emily Andrews, que naquele momento trabalhava no The Sun e hoje escreve para o DailyMail, escreveu sua primeira história sobre Meghan e Harry para o jornal. A história de Emily descrevia o relacionamento do novo casal totalmente baseado nas informações colhidas por Hanks.

Ao ser questionada pelo Byline Investigates, Emily Andrews nega que conheça Daniel Hanks.

Nunca ouvi falar de Dan Hanks, nem nunca o contratei e/ou dei uma tarefa a ele. Nunca tomei parte em nenhuma decisão de contratá-lo e/ou colocá-lo à prova. Não tive conhecimento de seu envolvimento em nenhum dos assuntos que você descreve. Afirmar, sugerir ou inferir o contrário seria completamente falso.

Daniel Hanks que já está aposentado, afirma que assistir a entrevista de Meghan e Harry para Oprah, o levou a se manifestar e pedir desculpas.

Peço desculpas a Meghan Markle e o Príncipe Harry por alvejarem a família dela, especialmente o pai, em nome do The Sun. Eu nunca quis causar mal a Meghan Markle e não teria feito o trabalho se soubesse que isso levaria a todos esses problemas. Eu também queria aproveitar esta oportunidade para me desculpar com a Rainha, porque eu sei que o mal que fiz pelo The Sun afetou toda a família.

Estou apenas fazendo isso para limpar minha consciência. Lamento profundamente o que fiz … e estou disponível se seus advogados (de Meghan e Harry) precisarem falar comigo. Estou pronto para lhe dar o que eu saber. Fornecer qualquer informação. Eu só queria que isso nunca tivesse acontecido.

Em um comunicado, o News Group Newspapers – editores do The Sun – disse:

Em 2016, The Sun fez um pedido legítimo ao Sr. Hanks para pesquisar detalhes de contato e endereços de Meghan Markle e possíveis parentes usando bancos de dados legais que ele tinha uma licença para usar. Ele recebeu $250.

O Sr. Hanks não foi encarregado de fazer nada ilegal ou violar nenhuma lei de privacidade – na verdade, ele foi instruído claramente por escrito a agir legalmente e assinou um compromisso legal de que o faria.

As informações que ele forneceu não podiam e não levantavam quaisquer preocupações de que ele tivesse usado práticas ilegais para obter as informações. Em nenhum momento The Sun solicitou o número do seguro social de Meghan Markle, nem utilizou as informações que ele forneceu para qualquer prática ilegal.

O The Sun cumpre todas as leis e regulamentos e mantém protocolos rígidos em relação à obtenção de informações de terceiros. A conformidade estrita está em vigor para cobrir todos os nossos relatórios.

Após toda a investigação do Byline Invastigates e as revelações de Hanks, a assessoria de imprensa do Duque e da Duquesa de Sussex se pronunciou:

O Duque e a Duquesa de Sussex sentem que hoje é um momento importante da reflexão para a indústria da mídia e a sociedade em geral, já que este relatório investigativo mostra que as práticas predatórias dos dias passados ainda estão em andamento, ceifando danos irreversíveis para famílias e relacionamento. Eles são gratos aos que trabalham na mídia e defendem os valores do jornalismo, que são necessários agora mais do que nunca.

Provavelmente Harry e seus advogados tentará usar as declarações de Daniel Hanks no processo do Duque contra o The Sun.

A britânica GQ Magazine divulgou uma das suas listas anuais. Desta vez, a edição elegou os casais mais bem vestidos do ano e nomes como Michelle & Barack Obama, Billy Porter & Adam Smith, Beyoncé & Jay-Z e Gigi Hadid & Zayn Malik foram vistos nessa lista, incluindo o Duque e a Duquesa de Sussex.

O casal real que foi alvo de uma das melhores fotografias do ano, obtida através das lentes de Samir Hussein, ficou em sexto lugar na lista e foi descrito da seguinte maneira:

Lá estão eles na chuva, enfrentando a tempestade juntos, Harry em um lindo terno azul, segurando um guarda-chuva para Meghan, seus braços entrelaçados, o brilho dos flashes dos paparazzi fazendo as gotas de chuva parecerem estrelas.

Você pode conferir a lista completa clicando AQUI.

Meghan e Harry foram vistos pela primeira vez desde que se mudaram para Los Angeles no mês passado. No último dia 15, o Duque e a Duquesa foram vistos distribuídos refeições através do Project Angel Food baseado em West Hollywood na Califórnia.

Em meio da pandemia de COVID-19, o casal se juntou a organização para levar refeições para pessoas que vivem com condições críticas de saúde como HIV, câncer, falha nos rins, diabetes, ou seja grupos de risco.

Mas antes disso, foi revelado um acordo entre a BBC e o Duque e a Duquesa de Sussex. O casal e a emissora de TV haviam acordado que todo lucro excedente da transmissão do casamento de Harry e Meghan iria para uma instituição de caridade escolhida pelo casal. O excedente foi de £90,000 e em tempos de pandemia de COVID-19, Harry e Meghan decidiram doar esse dinheiro para a ajuda do combate ao vírus. A instituição escolhida foi a Feeding Britain, presidida pelo Arcebispo de Canterbury que realizou a cerimônia de casamento de Harry e Meghan em 2018.

Durante uma ligação com representantes da BBC, o Duque e a Duquesa revelaram para onde o dinheiro deveria ir. Entende-se que os Sussexes achavam apropriado que os fundos gerados pelo casamento fossem para uma instituição de caridade apoiada pelo Arcebispo, que desempenhou um papel tão importante no dia. O porta-voz de Harry e Meghan disse que o casal está encantado ao ver o dinheiro ir para uma causa tão grande.

Voltando para o Project Angel Food, eles são uma organização sem fins lucrativos baseada no condado de Los Angeles que fornece refeições gratuitas para pessoas doentes demais para fazer compras e cozinhar sozinhas. Com a pandemia a todo vapor em todo o mundo, o casal decidiu que precisa ajudar de alguma forma pratica e através da mãe de Meghan, Doria Ragland, o casal procurou a instituição e desde o domingo de páscoa eles ajudam a entregar refeições em Los Angeles para pessoas que estão no grupo de risco. Harry e Meghan estavam devidamente protegidos com mascaras e luvas, como orienta a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Dan Tyrell, que recebeu uma refeição das mãos do casal falou ao WeHoVille sobre Harry e Meghan terem ido nessa manhã da quarta a sua porta entregar refeições do Project Angel Food.

Eles foram muito gentis e humildes. Estavam de máscara e usavam jeans. O cara alto e ruivo parecia familiar e a mulher era muito bonita. Quando vi as SUV’s e os seguranças percebi quem eram (…) Se eles tivessem me avisado, teria usado minha tiara!

Em uma declaração, o diretor executivo da Project Angel Food, Richard Ayoub disse que:

Em homenagem ao feriado da Páscoa, o Duque e a Duquesa passaram a manhã de domingo se voluntariando com o Projeto Angel Food entregando refeições para nossos clientes. E na quarta-feira eles continuaram silenciosamente entregando refeições para aliviar nossos motoristas sobrecarregados. Era o modo de agradecer aos voluntários, chefs e funcionários que trabalham incansavelmente desde o início da crise do COVID-19.

Ontem 17, os Sussexes ainda seguindo as orientações da OMS, foram vistos passeando com seus cachorros pelas ruas de Los Angeles. Já hoje, o casal foi visto novamente entregando refeições para o Project Angel Food. Vale ressaltar que a ajuda de Harry e Meghan era para ser desconhecida do grande público, mas ficou difícil seguir com essa linha já que eles foram reconhecidos.

Para saber mais sobre a instituição, acesse o site deles: https://www.angelfood.org/

 

g_28129.jpg g_281529.jpg g_281129.jpg g_28529.jpg

b.jpg e_28129.jpg c_28129.jpg e_28229.jpg

t_28229.jpg t_28529.jpg t_281029.jpg t_28629.jpg

Nas vésperas do início da turnê pela África, o Duque e a Duquesa de Sussex chegaram ontem em Roma para o casamento de uma das grandes amigas da Duquesa, Misha Nonoo.

Meghan e Misha são amigas há alguns anos e recentemente Nonoo esteve envolvida no projeto Smart Set Collection, onde um guarda-roupa capsula foi montado e vendido em prol da Smart Works, instituição que a Duquesa é patrona desde janeiro.

Os Sussex não são os únicos membros da realeza presentes na cerimônia. As princesas Eugenie e Beatrice também estavam na lista dos convidados. O casal foi visto chegando com Jack Brooksbank que é marido da Princesa Eugenie e com Edoardo Mapelli Mozzi que é namorado da Princesa Beatrice de York.

A cerimônia de casamento que aconteceu no pôr do sol na Villa Aurelia, contou com uma lista de convidados famosos como Katy Perry, Orlando Blom, Karlie Kloss, Ivanka Trump, James Corden, Jared Kushner e outros. Meghan foi vista usando um vestido preto de tule da marca Valentino. Seus cabelos estavam amarrados com um coque despojado e os brincos usados são em formato de asas.

  j_282529.jpgj_282629.jpgj_28129.jpgj_28229.jpg

Aconteceu hoje o King Power Royal Charity Polo Day, partida de polo onde os príncipes Harry e William jogariam em times opostos para arrecadar fundos. O jogo de polo de caridade homenageia Vichai Srivaddhanaprabha, dono do clube de futebol Leicester City que infelizmente morreu em um acidente de helicóptero em outubro de 2018.

Somente a presença dos irmãos havia sido confirmada oficialmente, contudo todos nós esperávamos que suas respectivas famílias estivessem presentes. As instituições que Harry apoia que serão beneficiadas com o dinheiro arrecadado pela partida são: African Parks, Invictus Games Foundation, The Queen Commonwelth Trust, MapAction e Rino Conservation Botswana.

Meghan chegou de surpresa na partida. Além de sua presença surpresa, tivemos a primeira aparição pública do pequeno Archie. A Duquesa de Sussex foi vista na chegada embalando Archie e beijando sua cabeça. Em seguida um dos amigos próximos de Harry, Adam Bidwell, foi visto ao lado de Meghan e Archie.

Meghan usou um vestido de linho verde com decote V da marca Lisa Marie Fernandes e seus óculos escuro um modelo Givenchy. Os Cambridge também estavam presentes na partida. Em um momento vimos o Principe Louis pegar óculos de sua mãe, Kate, e imitar sua tia Meghan.

Quem aguenta a fofura desse garotinho? E em outro momento igualmente fofo vimos príncipe George com a tia e o primo.

Não é a primeira vez que vemos uma interação afetuosa entre tia e sobrinho. Nas fotos oficiais do aniversário do Príncipe Charles e no Trooping The Colour, Meghan se mostrou bastante atenciosa com George e o garotinho retribuiu o gesto.

Meghan ficou na sombra o tempo todo protegendo o Archie dos raios solares, além de termos visto um protetor solar bem próximo da duquesa. A equipe do Duque de Sussex perdeu a partida. Após o fim da mesma, vimos um momento lindo da família de três.  Ainda de uniforme, Harry foi fotografado abraçando a esposa e o filho e depois seguiu andando com eles, apoiando as costas de Meghan que levava Archie nos braços.

D_H4rIsWkAA8dN3.jpgD_H4jdMXsAMiDPb.jpgD_IAoQqXUAAEmCr.jpgjeO78dWF_o.jpeg

Meghan e Harry foram fotografados saindo da loja Ilapothecary em Londres na sexta-feira, 30 de março. O Duque a Duquesa de Sussex foram vistos pela ultima vez juntos em publico no dia 19 de março, após uma visita a New Zealand House para prestar condolências ao povo da Nova Zelândia, após ataques terroristas a mesquitas.

Os Sussexes visitaram por cerca de duas horas a Ilapothecary, que é uma loja especializada em oferecer as mulheres os melhores produtos naturais e orgânicos para pele e também oferecem uma lista variada de tratamentos, que incluem massagem. Mesmo orientados a não registrar os royals em suas atividades do dia-a-dia, os paparazzi estavam apostos quando Meghan e Harry saíram da loja.

IMG_5162.jpegIMG_5168.jpegIMG_5167.jpeg