Mais uma vez o Duque de Sussex precisou vir a público para pedir que o bullying que a Duquesa vem sofrendo a anos acabe de uma vez por todas. A carta é autoexplicativa e nenhuma palavra adicional da nossa equipe precisa ser acrescentada. Mais uma vez estaremos ao lado da família que amamos, fazendo tudo que possível para levar somente energias positivas para Meghan:

Declaração de Sua Alteza Real

Príncipe Harry, Duque de Sussex

01 OUTUBRO 2019

Como casal, acreditamos na liberdade de mídia e em relatórios objetivos e verdadeiros. Consideramos isso uma pedra angular da democracia e, no estado atual do mundo – em todos os níveis – nunca precisamos mais de uma mídia responsável.

Infelizmente, minha esposa se tornou uma das mais recentes vítimas de um tabloide britânico que faz campanhas contra indivíduos sem pensar nas consequências – uma campanha implacável que aumentou ao longo do ano passado, durante a gravidez e ao criar nosso filho recém-nascido.

Existe um custo humano para essa propaganda implacável, especificamente quando ela é conscientemente falsa e maliciosa, e, embora continuemos a ter uma cara corajosa – como muitos de vocês podem se identificar -, não posso começar a descrever o quão doloroso tem sido. Porque na era digital de hoje, as manufaturas da imprensa são reaproveitadas como verdade em todo o mundo. A cobertura de um dia não é mais o papel de rascunho de amanhã.

Até o momento, não conseguimos corrigir as deturpações contínuas – algo que esses meios de comunicação selecionados conheciam e, portanto, exploravam diariamente e às vezes a cada hora.

É por esse motivo que estamos adotando uma ação legal, um processo que já dura muitos meses. A cobertura positiva da semana passada dessas mesmas publicações expõe os padrões duplos deste pacote de imprensa específico que a difamava quase diariamente nos últimos nove meses; eles foram capazes de criar mentiras após mentiras às suas custas, simplesmente porque ela não era visível durante a licença de maternidade. Ela é a mesma mulher que era há um ano no dia do nosso casamento, assim como ela é a mesma mulher que você viu nesta turnê pela África.

Para essas mídias selecionadas, este é um jogo que não estamos dispostos a jogar desde o início. Sou testemunha silenciosa de seu sofrimento particular por muito tempo. Recuar e não fazer nada seria contrário a tudo em que acreditamos.

Essa ação legal específica depende de um incidente em um padrão longo e perturbador de comportamento da mídia tabloide britânica. O conteúdo de uma carta particular foi publicado ilegalmente de maneira intencionalmente destrutiva para manipular você, o leitor e promover a agenda divisória do grupo de mídia em questão. Além da publicação ilegal deste documento particular, eles propositadamente o enganaram ao omitir estrategicamente parágrafos selecionados, sentenças específicas e até palavras singulares para mascarar as mentiras que haviam perpetuado por mais de um ano.

Chega um momento em que a única coisa a fazer é enfrentar esse comportamento, porque destrói as pessoas e destrói vidas. Simplificando, é o assédio moral, que assusta e silencia as pessoas. Todos sabemos que isso não é aceitável, em nenhum nível. Não vamos e não podemos acreditar em um mundo onde não há responsabilidade por isso.

Embora essa ação possa não ser a mais segura, é a correta. Porque meu medo mais profundo é a história se repetindo. Vi o que acontece quando alguém que eu amo é comoditizado a ponto de não ser mais tratado ou visto como uma pessoa real. Perdi minha mãe e agora vejo minha esposa sendo vítima das mesmas forças poderosas.

Agradecemos ao público por seu apoio contínuo. É extremamente apreciado. Embora possa não parecer, realmente precisamos.

INFORMAÇÕES SOBRE MÍDIA

Sua Alteza Real, a Duquesa de Sussex, apresentou uma queixa contra a Associated Newspapers por uso indevido de informações privadas, violação de direitos autorais e violação da Data Protection Act 2018.

O processo na Divisão de Chancelaria do Supremo Tribunal refere-se à publicação ilegal de uma carta particular.

Um porta-voz legal da Schillings que representa a Duquesa de Sussex disse:

“Iniciamos um processo judicial contra o Mail on Sunday e sua empresa controladora Associated Newspapers, por causa da publicação intrusiva e ilegal de uma carta privada escrita pela Duquesa de Sussex, que faz parte de uma campanha desse grupo de mídia para publicar informações falsas e histórias deliberadamente depreciativas sobre ela e sobre o marido. Dada a recusa da Associated Newspapers em resolver esse problema de maneira satisfatória, instauramos um processo para corrigir essa violação de privacidade, violação de direitos autorais e a agenda de mídia mencionada anteriormente”.

O caso está sendo financiado em particular pelo Duque e pela Duquesa de Sussex. Na pendência de uma decisão do Tribunal, o produto de qualquer dano será doado a uma instituição de caridade anti-bullying.

Essa carta foi postada no site oficial do Duque e da Duquesa de Sussex. Confira a carta original clicando AQUI.

A revista Vogue publicou em recente matéria, uma lista com a 25 mulheres mais influentes da Grã-Bretanha e a Duquesa de Sussex está entre os nomes citados. Entre as mulheres estão Naomi Campbell, Jorja Smith, Clare Waight Keller, Joanna Shields, entre outras.

Sobre a Meghan foi feita a seguinte observação:

Duquesa de Sussex

Membro da família real
Um ano depois do casamento, a Duquesa de Sussex ainda é uma princesa moderna. De instituições de caridade ao parto, as escolhas que ela faz refletem o modo como ela está gentilmente modernizando a família real. Com seu patrocínio da Smart Works, ela combina seu interesse pela moda com seu desejo de apoiar as carreiras das mulheres, enquanto a decisão discretamente revolucionária que ela e o príncipe Harry tomaram para manter o nascimento de seu filho ecoa o compromisso de bem-estar que ela era conhecida antes de sua nova vida, assim como seus ideais feministas.

Conheça as outras mulheres e leia a matéria completa: https://www.vogue.co.uk/article/vogue-25-the-women-shaping-2019

 

TOP 8: Roupas de gravidez da Meghan

EXTRAS, Notícias - Rayane Rodrigues - 18/04/2019

Se você está no Sussex Squad desde o ínicio você sabe que a suspeitas do fandom da gravidez da Meghan vem de antes da royal tour. Depois que o anúncio foi feito, todo mundo começou a reparar nas “roupas de maternidade” que a Meghan usaria, então hoje, para tentar acalmar os nervos desta equipe em relação ao baby sussex, estamos trazendo TOP 8 de roupas usadas pela nossa duquesa durante esses meses. Deixando claro que não há uma ordem de preferência ok?

As informações das roupas vem do site MeghansFashion, lá eles publicam absolutamente todos os looks que a duquesa usou e às vezes algumas coisas parecidas mais acessíveis para o público adquirir.

 

O que a Meghan usou na visita à Cozinha comunitária HUBB:

Casaco – Club Monaco burgundy ‘Daylina’ coat;

Vestido –  Club Monaco ‘Sallyet’ dress

Sapatos – Givenchy ‘GV3’ black ankle boots

O que Meghan usou no The Fashion Awards (aparição surpresa):

Vestido: Givenchy black one shoulder velvet gown

Sandália: Tamara Mellon ‘Karat’ Gold Strappy Sandals

O que Meghan usou na visita a Macarthur Girls High School em Sydney:

Vestido: Roksanda ‘Athena’ pleated two-tone crepe midi dress

Sapato:  Stuart Weitzman ‘Legend’ Suede Pump in Haze Beige

O que Meghan usou no evento da Film Industry:

Vestido: Maggie Marilyn ‘Leap of Faith’ White Blazer Dress

 Casaco: Gillian Anderson navy soft wool swing coat

Sapatos: Manolo Blahnik ‘BB’ Pointy Toe Pump in Navy Suede.

O que Meghan usou no ANZAC War Memorial:

Vestido: Custom black Emilia Wickstead ‘Camila’ button wool-crepe dress

Sapatos: Tabitha Simmons ‘Millie’ Slingback Pump

Bolsa:  Givenchy Black Satin Clutch With Jewelry Clasp

Chapéu: Philip Treacy Black Straw Hat with Buntal Ribbon

O que Meghan usou na Fraser Island:

Vestido: Reformation ‘Pineapple’ Dress

Sandália: Sarah Flint ‘Grear’ Lace Up Sandals​

Óculos: Karen Walker ‘Northern Lights’ sunglasses

 

O que Meghan usou em um dos compromissos em Morocco:

Jaqueta:  J.Crew ‘Field Mechanic’ Jacket

Blusa: Equipment Femme Women’s Lucian Crew Neck Side Zip Sweater

Calça: Rag & Bone black maternity skinny jeans

Botas: Stuart Weitzman ‘Brooks’ Suede Booties

O que Meghan usou no dia internacional da mulher:

Vestido: REISS ‘Azzura’ swirl printed shift dress

Jaqueta: Alexander McQueen Grain de Poudre Wool Blazer

Sapato: Manolo Blahnik BB Pointy Toe Pump in Black Suede

Bolsa: Stella McCartney Black Shaggy Deer Faux Leather Crossbody Bag

 

Agora deixe nos comentários quais os seus looks preferidos que a Meghan usou. A duquesa já entrou na reta final da gestação e estamos postando em nossas redes sociais todas as atualizações. Então nós siga no Instagram e no Twitter e ative as notificações. O #BabySussex vem aí!