A Duquesa de Sussex se tornou patrona da instituição de caridade “The Mayhew” em janeiro de 2019, mas sabe-se que ela já estvaa envolvida com seus projetos antes mesmo do anúncio. A escolha da caridade por parte de Meghan, veio  do reflexo de causas e questões que são importantes para ela ao longo de sua vida.

Fundada em 1886 como The Home for Starving and Deserted Cats e rebatizada para Mayhew em 1904, eles são uma instituição de caridade de bem-estar animal que trabalha para melhorar a vida de cães, gatos e das pessoas nas comunidades locais – tanto em Londres quanto internacionalmente. Assim como no ano anterior, Meghan escreveu o prefácio da revisão anual da instituição, mostrando que, a distância territorial não será um empecilho para que Markle continua ajudando a caridade.

No último ano, cada um de nós sentiu os profundos efeitos da pandemia global de Covid-19. Seja a perda de um ente querido, os desafios de saúde enfrentados por muitos, ou as mudanças desproporcionais de vida que todo mundo já experimentou, tem foi um processo avassalador de luto, crescimento e também de gratidão. Eu tenho ouvido de muitos de vocês sobre o impacto de ter um animal de estimação com você em casa durante o isolamento de confinamento; vocês mencionaram o efeito terapêutico de ter seu animal ao seu lado e o consolo e conforto que vocês encontraram em suas empresas. Este efeito é algo Mayhew se esforça para entregar dia em e dia para pessoas em todo o Reino Unido e além.

Este trabalho era algo de que Mayhew se orgulhava muito antes da pandemia e continuará a fazer por muito tempo. Entre o programa TheraPaws™, a defesa do resgate de animais de estimação e o trabalho com a comunidade de moradores de rua e seus animais de estimação, Mayhew continua a nos encontrar onde estamos como sociedade e a promover a conexão de cura entre animais e humanos.

Quero agradecer a todos os amantes dos animais em Londres, no Reino Unido e no mundo que apoiaram Mayhew durante o ano passado. Sua ajuda significa que, apesar das dificuldades, Mayhew tem sido capaz de continuar fornecendo apoio vital para cães e gatos e as comunidades ao seu redor.

Tenho orgulho de testemunhar Mayhew se adaptando ao momento – por meio de realocação virtual, visitas de TheraPaws no Zoom e entrega de pacotes de cuidados para animais e donos de animais necessitados. A organização resgatou e reabilitou cães e gatos em situações críticas e, é claro, prestou serviços vitais de saúde animal no exterior, em países também atingidos pela pandemia.

Quando reflito sobre 2020, sempre volto à importância da comunidade e da conexão. Podemos ter sido forçados a nos separar, mas encontramos novas maneiras de estar próximos e apoiar uns aos outros durante esta crise compartilhada. Para muitos de nós, isso ficou ainda mais fácil com nossos animais de estimação ao nosso lado.

Mayhew – e milhares de pequenas organizações comunitárias como elas – continuarão a ouvir, adaptar seus serviços e fornecer os recursos de que pessoas e animais de estimação precisam para ficar juntos e perseverar nas adversidades. Enquanto construímos coletivamente o futuro, minha sincera esperança é que o façamos com apoio e apreço contínuos por organizações como a Mayhew, que continuam seu trabalho vital em dias de crise e calmaria. Seu compromisso com a causa do bem-estar animal é inabalável e seu efeito sobre o bem-estar de nossa comunidade é evidente.

O relatório completo você pode ler AQUI.