O Duque e a Duquesa de Sussex estão ajudando a financiar a criação de quatro novos centros de serviços humanitários. O casal escolheu um parceiro de alto perfil para o primeiro projeto filantrópico anunciado publicamente sua organização sem fins lucrativos, a Archewell.

Neste domingo Meghan e Harry anunciaram que a Archewell trabalhará com o chef espanhol José Andrés e com a organização sem fins lucrativos que alimenta pessoas em áreas afetadas por desastres em todo o mundo, World Central Kitchen, que foi fundada pelo chef Andrés.

Os Sussexes estão apoiando uma série de Centros de Ajuda Comunitária para a World Central Kitchen. As estruturas serão permanentes, construídas para atuar como cozinhas de serviço ativadas rapidamente durante emergências como desastres naturais, com capacidade de transição para centros comunitários, escolas e clínicas. A equipe vê a abordagem integrada como uma forma de promover sistemas alimentares locais mais resilientes.

O primeiro dos quatro centros está sendo construído na ilha caribenha de Domenica, que foi duramente atingida pelos furacões Maria e Irma em 2017. Sua inauguração está programada para o início de 2021. O segundo será em Porto Rico; os outros dois locais não foram anunciados. Em comunicado enviado para o site Bloomberg, Meghan e Harry disseram que:

A saúde de nossas comunidades depende de nossa capacidade de nos conectarmos com nossa humanidade compartilhada. Quando pensamos no Chef Andrés e sua incrível equipe na World Central Kitchen, somos lembrados de que, mesmo durante um ano de dificuldades inimagináveis, há tantas pessoas incríveis dispostas – e trabalhando incansavelmente – para apoiarem umas às outras. World Central Kitchen nos inspira por meio da compaixão em ação.

O casal não quis comentar sobre a quantidade de dinheiro doada para a construção dos centros. O custo de cada centro irá variar dependendo da localização, mas Nate Mook, CEO da World Central Kitchen , estimou que cada instalação exigiria um investimento inicial de pelo menos US $ 50.000 para começar a funcionar.

O casal confirmou que trabalhará com Andrés para trazer parceiros adicionais para construir mais Centros de Ajuda Comunitária em todo o mundo. Eles disseram que não têm planos imediatos para visitar os centros devido às restrições do coronavírus, mas planejam no futuro.

Em comunicado, Chef José Andrés também comentou sobre o assunto:

Estamos mais motivados do que nunca para continuar este trabalho vital e estamos orgulhosos de que ele estará de mãos dadas com a Fundação Archewell e o Duque e a Duquesa de Sussex. Eu passei a conhecê-los bem e acredito que seus valores estão diretamente alinhados com o que defendemos no World Central Kitchen.

O World Central Kitchen já distribuiu 50 milhões de refeições em 17 países desde seu início em 2010. Em 2018, Andrés foi nomeado para o Prêmio Nobel da Paz 2019.