Inspiração. Força. Confiança. Altivez.

Particularmente, costumo ver a aniversariante do dia como um exemplo de representatividade. Antes mesmo do encontro as cegas de Harry e Meghan, eu já acompanhava a Meghan. Naquela época, ela estrelava uma grande série de sucesso (pode entrar Suits) e como uma mulher negra em vários momentos me vi sendo representada por Rachel Zane.

Fora da personagem, Meghan naquele momento vinha galgando seu espaço dentro da indústria de entretenimento. A atriz foi dona de um blog de lifestyle de grande sucesso e mesmo antes de sua entrada na Família Real, Meghan Markle conseguia unir sua fanbase, que diga-se de passagem desde sempre é bem engajada, vem inspirados mulheres de cor a lutarem por uma vida melhor para ela e para todos a sua volta.

Hoje em seu papel de mãe e esposa, Meghan se sente uma mulher realizada, mas com toda certeza os últimos anos não foram fáceis. Meghan sentiu com uma força descomunal o poder do racismo. Ela se viu sendo julgada por cada passo que dava. Ela se viu sendo colocada no estereótipo de mulher negra raivosa e ardilosa que consegue tudo o que quer através do atrativo sexual. Meghan viu seu filho recém-nascido ser comparado a um chimpanzé.

Ela com toda certeza se abateu. Mas não deixou que isso interferisse em sua gana de mudar o mundo. Nos últimos meses vimos Meghan falar sobre assuntos relevantes e atuais. Pudemos ouvir Meghan falar abertamente sobre o racismo e de que como essa geração é importante para realmente mudanças sociais acontecerem no mundo.

O que quero dizer neste dia, especialmente para Meghan é: OBRIGADA!

Meghan, você foi capaz de unir pessoas distintas e sempre dispostas a apoiar causas importantes para você. Através de suas lutas, pessoas que te amam conseguiram arrecadar fundos para que 24 jovens mulheres africanas (até o momento) tenham seus estudos financiados. Não podemos esquecer de todas as instituições que foram apoiadas em momentos anteriores como na chegada do pequeno Archie, dias dos pais de Harry e o primeiro aniversário de Archie.

Tudo em prol da mulher que hoje completa 39 anos.

Da mulher que sempre deu muito orgulho a sua mãe. Da mulher que mudou sua vida por seu marido e agora o vê fazendo o mesmo por ela e sua pequena família. Aquela mesma mulher que me encantou no primeiro episodio de Suits como Rachel Zane. Da princesa moderna que incluiu todas as garotas negras em um mundo totalmente oposto ao nosso. Dessa mesma princesa que a realeza perdeu. Da mãe adorada de Archie.

Feliz vida Meghan! Obrigada por sempre nos dar motivos para seguir em frente e lutar.