“Não é um momento, mas um movimento”: Edward Enninful sobre a continuação da história da Forças de Mudança da Vogue Britânica.

Um dos meus momentos de orgulho como editor chefe da Vogue Britânica veio com a publicação da edição de Setembro Forces For Change. Sendo a editora convidada a Duquesa de Sussex, a revista foi – pela primeira vez na sua história – inteiramente dedicada a pessoas mudando a sociedade para melhor. Desde as 15 mulheres em nossa capa – incluindo Greta Thunberg, Sinéad Burke, Laverne Cox e Jane Fonda – até nossa capa traseira, a edição celebrou aqueles que estão trabalhando para trazer atenção e mudança de mentes em tópicos envolvendo mudança climática, saúde mental, direitos de gênero, deficiência e muito mais.

A resposta fenomenal que recebemos para o tema de Forças para Mudança e as pessoas que celebramos deixou claro que isso não era simplesmente um momento, mas um movimento. Por essa razão, entrando em uma nova década, queremos continuar essa história. Ao longo do próximo ano, espere ver pessoas realmente inspiradores aparecendo embaixo do banner Forces for Change na revista e nas nossas plataformas digitais. Agora mais do que nunca, é importante manter o foco em pessoas que estão desafiando o status quo e usando suas vozes para ajudar a formar e mudar conversas envolvendo assuntos do nosso tempo.

Para lançar o nosso Forças para Mudança de 2020 tenho prazer em apresentar uma matéria da recém nomeada Bispa de Dover, Rose Hudson-Wilkin, que em seus muitos anos de trabalho em sua igreja, monarquia e parlamento tem sido uma voz de mudança de percepção em todos os três. Ela tem muita sabedoria para impactar e é uma verdadeira força para mudança.

 

Traduzido e adaptado por Meghan Markle Brasil. Direitos reservados a British Vogue.