Na tarde de terça-feira (24), Meghan e Harry voltaram a se juntar para mais um conjunto de compromissos na Cidade do Cabo. A Mesquita de Auwal foi visitada pelo casal.

A Mesquita Auwal, é uma mesquita no bairro de Bo-Kaap, na Cidade do Cabo, e é a primeira mesquita estabelecida no país. Foi construído em 1794 durante a primeira ocupação britânica do Cabo em terras pertencentes a Coridon van Ceylon , um Vryezwarten (escravo muçulmano negro libertado). A mesquita foi construída em 1794, com reformas realizadas em 1907 e extensas reformas realizadas em 1936. É a primeira mesquita a observar orações públicas e é onde foram ensinadas as tradições muçulmanas do cabo e a língua árabe-africâner. Continua sendo um símbolo para os muçulmanos do reconhecimento do Islã e da liberdade dos escravos em adorar.

A Duquesa trocou sua calça jeans por um vestido verde e um lenço de cor creme para a visita à mesquita. Meghan foi extremamente respeitosa, cobrindo seu corpo conforme as tradições da religião mulçumana.

Durante a visita, o Duque e a Duquesa conheceram o primeiro manuscrito do Alcorão na África do Sul, escrito por Tuan Guru. Em seguida eles conheceram membros de grupos religiosos e aprenderam sobre como é feito o trabalho inter-religioso que ajuda a promover o dialogo.

Como esperando, um post no instagram do casal foi feito para registrar a passagem de Harry e Meghan na Mesquita:

 

Ver essa foto no Instagram

 

More images from Heritage Day in Bo Kaap. As part of their visit, Their Royal Highnesses visited the Auwal Mosque – the first and oldest Mosque in South Africa. Standing as a symbol of the freedom of former slaves to worship, the Mosque hosts events with Muslim, Christian and Jewish young leaders, and encourages friendship and understanding between South Africa’s varied communities. The Duke and Duchess also got to view the first known manuscript of the Qu’ran in Africa, drafted by Tuan Guru from memory, whilst he was imprisoned on Robben Island. ••• Heritage Day celebrated the great diversity of cultures, beliefs and traditions that make up the rainbow nation. Bo Kaap streets filled with colour and music while Their Royal Highnesses were welcomed to one of the most vibrant neighbourhoods in Cape Town. The area has seen inter-community tension rise over the last few years, yet days like today show how faith, traditions, food and music bring people together, and celebrate the things that unite each and every one of us. #RoyalVisitSouthAfrica • Photo ©️ Shutterstock / PA images

Uma publicação compartilhada por The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) em

Como parte de sua visita, Suas Altezas Reais visitaram a Mesquita de Auwal – a primeira e mais antiga mesquita da África do Sul.

Permanecendo como um símbolo da liberdade de ex-escravos de adorar, a Mesquita organiza eventos com jovens líderes muçulmanos, cristãos e judeus e incentiva a amizade e o entendimento entre as diversas comunidades da África do Sul.

O Duque e a Duquesa também puderam ver o primeiro manuscrito conhecido do Alcorão na África, redigido por Tuan Guru de memória, enquanto estava preso na ilha Robben.

••

O Heritage Day celebrou a grande diversidade de culturas, crenças e tradições que compõem a nação do arco-íris.

As ruas Bo Kaap se enchem de cor e música, enquanto Suas Altezas Reais foram muito bem recebidos em um dos bairros mais vibrantes da Cidade do Cabo.

A área viu a tensão intercomunitária aumentar nos últimos anos, mas dias como hoje mostram como fé, tradições, comida e música unem as pessoas e celebram as coisas que unem todos e cada um de nós.

 

Em seguida eles partiram para outro compromisso ainda no Bo-Kaap.

1170689244.png 1170689244.png 1170689248.png 1170689273.png

1170721281.png 1170721433.png 1176804098.png 1170721285.png

1170765206.png 1170765212.png 1170765217.png 1170765207.png