Ontem (08/03) a Duquesa de Sussex foi uma das mulheres convidadas a discursar no painel do Queen’s Commonwealth Trust no  King’s College London. Haviam lideres feministas e ativistas no time de convidadas e elas discutiram uma série de questões que afetam as mulheres hoje.

O Queen’s Commonwealth Trust  é uma organização apoia e patrocina jovens líderes em todo o mundo que estão servindo suas comunidades, fornecendo soluções para problemas e esperando oportunidades de emprego e auto-emprego para outros. Seu foco está em trabalhar em parceria com várias organizações para alcançar e conectar-se com jovens em todo o mundo e apoiar aqueles que são os mais vulneráveis. A Rainha Elizabeth II é patrona e no ano passado ela nomeou O Duque de Sussex como presidente.

Foi anunciando ontem também que a Duquesa de Sussex foi nomeada vice-presidente do Queen’s Commonwealth Trust. Em seu novo papel, a Duquesa destacará as parcerias do Fundo com jovens da Commonwealth e, em particular, seu trabalho de apoio a mulheres e meninas.

Muito apropriadamente, foi anunciado hoje que Meghan se tornou vice-presidente do Queen’s Commonwealth Trust. Em seu novo papel, a Duquesa seguirá apoiando seu marido, o presidente da instituição e em particular, fazer o trabalhe de apoio a mulheres e meninas.

 

O presidente do conselho administrativo, Lord Christopher Geidt, disse:

O Queen’s Commonwealth Trust está entusiasmado em receber a Duquesa de Sussex como sua vice-presidente. O apoio e encorajamento que Sua Alteza Real trará para os jovens líderes com quem trabalhamos promete ter um efeito profundo. Somos imensamente gratos ao Duque e à Duquesa de Sussex por esse sinal de comprometimento que estão dando ao nosso trabalho, ajudando o Queen’s Commonwealth Trust a perseguir suas ambições em toda a Comunidade e além.

O tema do Dia Internacional da Mulher deste ano foi  #BalanceforBetter. “O tema da campanha fornece uma direção unificada para orientar e galvanizar a ação coletiva contínua. O equilíbrio não é uma questão feminina, é uma questão de negócios. A corrida para a sala de reuniões equilibrada de gênero, um governo equilibrado por gênero e cobertura da mídia equilibrada por gênero, um equilíbrio de gênero entre os funcionários, mais equilíbrio de gênero na riqueza, cobertura de esportes equilibrada por gênero. O equilíbrio de gênero é essencial para que economias e comunidades prosperem”.

Meghan se juntou a uma série de conhecidas e talentosas mulheres, incluindo Annie Lennox OBE, que é mais conhecida por sua ilustre carreira musical, mas também é a fundadora do Circle, uma organização que apóia e fortalece a vida das mulheres em todo o mundo.  Adwoa Aboah, fundadora da Gurls Talk, uma comunidade aberta onde as meninas podem falar sobre os assuntos que são importantes para elas. Julia Gillard, ex-primeira-ministra da Austrália, patrona do CAMFED e presidente do Instituto Global de Liderança Feminina do King’s College London. Chrisann Jarrett, fundador da Let nos aprenda e Angeline Murimirwa, Diretora Executiva da Campanha de Educação Feminina (CAMFED) na África e co-fundadora da CAMA, uma rede pan-africana de jovens lideranças femininas. O painel foi presidido por Anne McElvoy, editora sênior do The Economist.

A Duquesa escolheu o vestido Reiss Azzura Swirl Printed para o evento. Ela usou um blazer preto Alexander McQueen . Meghan carregou sua bolsa de Stella McCartney e os sapatos eram Manolo Blahnik BB . Meghan usou brincos de Jessoca McCormack e um broche com o logotipo do Queen’s Commonwealth Trust.

67738b1155571954.jpg6746931155571874.jpga1a7151155571914.jpgb051681155572014.jpg